Siga-nos
Rigel Salazar/PxImages

Notícias

Ex-UFC relata piora em quadro de saúde, mas mantém posição antivacina

A fase de Diego Sanchez tanto em âmbito profissional, quanto pessoal não é nada boa. Atualmente, o veterano dos esportes de combate segue sem encontrar uma nova organização para atuar e sofre após testar positivo para a COVID-19. Recentemente, o americano revelou que contraiu o vírus e preocupou seus fãs.

Nesta sexta-feira (26), Sanchez voltou a utilizar suas redes sociais (veja abaixo ou clique aqui, aqui e aqui) para relatar uma piora em seu atual estado de saúde. Anteriormente, o ex-lutador do UFC reclamou de febre alta e constante, falta de ar, dores no corpo e enxaqueca, mas, agora, além da COVID-19, também foi diagnosticado pelos médicos com pneumonia e coágulos no sangue.

“Pneumonia pelo COVID não desiste. Coágulos de sangue agora! COVID não é piada. Coágulos de sangue nas minhas pernas”, escreveu o veterano em sua conta oficial no ‘Twitter’.

Vale lembrar que o americano é mais um lutador que se posicionou contra a campanha de vacinação para combater a COVID-19. Ao ser questionado por um fã sobre a possibilidade de rever seus conceitos e, consequentemente, aceitar a medicação, Sanchez, mesmo na cama do hospital, manteve sua posição antivacina (veja abaixo ou clique aqui).

“Estou passando por isso, mas não posso dizer que estou convencido da vacina no momento atual”, concluiu.

Mais em Notícias