Siga-nos
Diego Ribas/PxImages

UFC

O’Malley minimiza polêmica sobre comentários sexuais em seu podcast; entenda

Em janeiro deste ano, Sean O’Malley se viu no meio de uma polêmica, após o também lutador do UFC Casey Kenney tecer comentários de cunho sexual sobre a australiana Megan Anderson no podcast ‘The Timbo Sugarshow’, que é apresentado pelo peso-galo (61 kg) e por seu treinador Tim Welch. Apesar da repercussão negativa do caso, a jovem promessa do Ultimate não parece ter se incomodado com o episódio.

Em participação no programa ‘Ariel Helwani’s MMA Show’, da ‘ESPN’ americana, O’Malley se defendeu, relembrando que evitou participar da conversa quando o assunto veio à tona em seu podcast, e afirmou que, em sua visão, Megan Anderson não deveria ter se ofendido pela declaração do então colega de trabalho. Vale lembrar que a australiana já não faz mais parte do plantel de atletas do Ultimate, desde sua derrota para Amanda Nunes, em disputa válida pelo cinturão peso-pena (66 kg), no UFC 259, no dia 6 de março.

“Eu não falei nada de mal, falei? Eu acho que isso é apenas… Quero dizer, eu não posso… Se alguém… Você não pode deixar as palavras de outra pessoa afetarem como você se sente emocionalmente. Se você dissesse algo sobre mim, e eu… Eu não sei. É…Eu não sei. Eu não sei. Ela não é mais uma colega de trabalho. As coisas são como são”, declarou, com certa dificuldade de se expressar, Sean O’Malley.

Uma das apostas do Ultimate para o futuro, Sean O’Malley retorna ao octógono neste sábado (27), diante do brasileiro Thomas Almeida, em duelo válido pelo card do UFC 260, que acontece em Las Vegas (EUA). O americano busca retomar o caminho das vitórias após sofrer a primeira derrota da carreira em sua última luta, contra Marlon Vera, em agosto do ano passado.

Mais em UFC