Siga-nos
Diego Ribas/PxImages

UFC

Miesha Tate acusa Aspen Ladd de tentar trapacear na pesagem do UFC Vegas 38

A participação de Aspen Ladd na pesagem oficial do UFC Vegas 38, na última sexta-feira (1), chamou a atenção de boa parte da comunidade do MMA. Aparentemente debilitada fisicamente, após o que se supõe tenha sido um corte de peso difícil, a jovem lutadora não conseguiu atingir o limite de peso estabelecido pela divisão dos galos (61 kg) e, posteriormente, teve sua luta contra Macy Chiasson cancelada.

O ocorrido causou preocupação, pelo estado de saúde de Ladd, mas uma veterana do esporte parece não ter se convencido de que o episódio traduziu as reais intenções da jovem lutadora e de sua equipe. Em resposta a um pedido de desculpas compartilhado por Ladd em sua conta no ‘Twitter’ (veja abaixo ou clique aqui), Miesha Tate – ex-campeã da divisão até 61 kg do UFC – acusou a rival de divisão de tentar trapacear na balança, insinuando que o episódio não teria passado de uma encenação.

Vale lembrar que ao se apresentar no palco da pesagem, Aspen Ladd vestia casaco e calça, roupa pouco usual nesse tipo de cerimônia. Após falhar na primeira tentativa, a americana pediu o auxílio do biombo e, já despida da vestimenta, subiu novamente na balança, desta vez demonstrando dificuldade para manter o equilíbrio, assim como para erguer ambos os braços – uma regra que passou a vigorar há algum tempo, justamente para impedir que atletas trapaceassem ao segurar no tecido do biombo e, com isso, ‘perder’ algumas gramas. Mesmo assim, a jovem promessa ficou cerca de uma libra (450 gramas) acima do limite do peso-galo e teve sua participação no evento do último sábado cancelada.

“Uma coisa é não bater o peso, outra coisa é tentar trapacear na balança e usar todas as desculpas possíveis para não se pesar corretamente. Todo mundo viu que você trapaceou e ainda ficou uma libra acima. Eu aposto que você estava com 139 (libras, aproximadamente 63 kg)”, disparou Miesha Tate, antes de explicar mais detalhadamente sua teoria de que Ladd teria burlado o sistema (veja abaixo ou clique aqui).


“Ela estava agindo como se não pudesse colocar suas duas mãos para cima sem tremer violentamente (tornando impossível conseguir um peso preciso), mesmo que ela estivesse muito bem em pé anteriormente. Ela precisava segurar por dentro das hastes da cortina na esperança de tirar algumas libras”, acusou a veterana, que manteve o tom ao responder ao questionamento de um seguidor sobre os motivos que levaram Aspen Ladd a não se pesar na balança digital do UFC antes de subir no palco principal da pesagem (clique aqui ou veja abaixo).


“Porque ela queria trapacear na balança real e ela sabia que se checasse antes, ela não conseguiria explicar como as (libras) de repente desapareceram quando ela foi para trás de uma cortina que ela podia se agarrar”, afirmou a ex-campeã peso-galo do UFC.

Mais em UFC