Siga-nos
Diego Ribas/PxImages

UFC

Mackenzie Dern aponta Yan Xiaonan como rival ideal para sua próxima luta no UFC

De volta ao caminho das vitórias, após superar Tecia Torres no UFC 273, no último dia 9 de abril, Mackenzie Dern já foca no seu próximo compromisso no octógono mais famoso do mundo. Com poucas opções de adversárias livres e que façam sentido, a americana que representa o Brasil – quarta colocada no ranking peso-palha (52 kg) – já tem um alvo preferencial em mente.

Em entrevista ao podcast ‘Believe You Me’, Mackenzie apontou a chinesa Yan Xiaonan como a rival ideal para sua próxima luta. A asiática, número seis na classificação dos palhas atualmente, vem de duas derrotas seguidas, a mais recente delas para a brasileira Marina Rodriguez, em março deste ano.

Curiosamente, foi Rodriguez a responsável pela última derrota de Mackenzie no octógono do UFC, em outubro do ano passado, que encerrou uma sequência de quatro vitórias da faixa-preta de jiu-jitsu na organização. Outro ponto que pode fazer com que os caminhos de Dern e Xiaonan se cruzem é o fato da chinesa ser uma das poucas lutadoras do topo da categoria que não possui compromisso agendado ou que ainda não enfrentou a brasileira.

“Eu acho que Yan Xiaonan (é a próxima rival). Ela é a número 5 neste momento (no ranking) e acabou de perder para Marina (Rodriguez) por decisão dividida. Nós duas perdemos para Marina. Eu acho que seria uma boa luta. Eu acho que ela é a que estaria mais preparada para fazer um camp agora. A maioria das garotas gostaria de lutar com a perdedora de Carla (Esparza) e Rose (Namajunas) ou a perdedora de Joanna (Jedrzejczyk) e Zhang Weili”, analisou Mackenzie.

Após construir uma carreira de sucesso no jiu-jitsu, Mackenzie Dern iniciou sua trajetória no MMA profissional em 2016 e, desde então, acumulou um cartel de 12 vitórias, sete delas por finalização, e duas derrotas. Já Yan Xiaonan atua desde 2008 na modalidade e conta com 15 triunfos, três reveses e um ‘no contest’ (sem resultado) no currículo.

Mais em UFC