Siga-nos
Louis Grasse/PxImages

UFC

Dustin Poirier recusa enfrentar Beneil Dariush no UFC: “Quero lutas grandes e divertidas”

Dustin Poirier está de volta na corrida para disputar o cinturão do peso-leve (70 kg) do UFC. Em novembro, em Nova York (EUA), ‘The Diamond’ sobreviveu aos ataques de Michael Chandler, finalizou a batalha no terceiro round e não só retornou ao caminho das vitórias, como também mostrou que recuperou a vontade de lutar. Segundo colocado no ranking da divisão, o atleta aguarda a empresa escalar um oponente renomado e já descarta um nome.

Em entrevista ao site ‘MMA Fighting’, Poirier negou ter interesse em lutar contra Beneil Dariush. É bem verdade que ‘The Diamond’ elogiou o atleta e reconheceu sua qualidade, mas explicou que o mesmo não possui um perfil atraente como adversário. Com base no ranking do peso-leve do UFC, o possível duelo entre os tops da categoria faz sentido, uma vez que o representante da ‘Kings MMA’ é o número quatro na tabela de classificação e está embalado, com oito vitórias seguidas. Contudo, Dustin ressalta que sua preferência é encarar lutadores populares, que lhe atacam dentro e fora do octógono, porque se sente motivado, algo oposto ao profissional, conhecido por seu estilo discreto.

“Quero lutas grandes e divertidas. Completei o triângulo da violência. Nocauteei Gaethje, Alvarez e finalizei Chandler. Há várias lutas que seriam loucas, só não sei um nome agora. Sem desrespeito a Dariush. Grande lutador e fez isso da maneira certa. Ele é um cara muito respeitoso, trabalhador, que vai e lida com os negócios. Respeito isso. Vou assistir quando ele lutar. Quando falamos sobre os nomes que lutei recentemente, esse não é super empolgante quando penso nisso. Quero as lutas divertidas, loucas, do tipo ‘Luta do Ano’ em potencial. Essas são as lutas que me dão aquele friozinho no estômago todos os dias. Isso abre portas. Sempre soube que havia um caminho de volta ao cinturão. Sabia que poderia subir a montanha de novo. Quero passar pelos assassinos”, declarou o lutador.

Dustin Poirier, de 33 anos, é ex-campeão interino do peso-leve do UFC e um dos atletas mais condecorados na história da categoria. No MMA desde 2009 e no Ultimate dois anos depois, ‘The Diamond’ venceu nomes importantes como Anthony Pettis, Bobby Green, Carlos Diego Ferreira, Conor McGregor (duas vezes), Dan Hooker, Eddie Alvarez, Jim Miller, Justin Gaethje, Max Holloway (duas vezes) e Michael Chandler. Atualmente, o americano é o segundo colocado no ranking da divisão e possui um cartel composto por 29 vitórias, sendo 22 pela via rápida, sete derrotas e um ‘no contest’ (luta sem resultado).

Mais em UFC