Siga-nos
Diego Ribas/PxImages

Notícias

Aposentado, José Aldo recebe homenagem de rivais no UFC

No último domingo (18), o MMA se despediu de mais uma lenda. Ex-campeão do peso-pena (66 kg) do UFC e um dos melhores lutadores de artes marciais mistas de todos os tempos, José Aldo decidiu encerrar sua carreira iniciada em 2004. Como é um veterano respeitado por boa parte dos profissionais, o brasileiro foi homenageado até mesmo por antigos rivais.

Em suas redes sociais (veja abaixo ou clique aqui), Alexander Volkanovski, atual rei do peso-pena do UFC, mostrou humildade e enalteceu Aldo. Para parte da comunidade do MMA, o australiano se tornou o melhor lutador da história da categoria, porém o próprio classificou o ‘Rei do Rio’ como o maioral da divisão. Vale lembrar que ‘The Great’ enfrentou o veterano, em 2019, e o venceu com certa tranquilidade em pleno Brasil. Mesmo assim, o atleta nunca provocou o manauara e sim o elogiou.

“Desejo nada além do melhor para o melhor lutador do peso-pena”, escreveu o campeão do UFC em sua conta oficial no ‘Twitter’.

Max Holloway também fez questão de prestar sua solidariedade para Aldo. Em suas redes sociais (veja abaixo ou clique aqui), o ex-campeão do peso-pena do UFC parabenizou o brasileiro pela trajetória de sucesso em um esporte tão difícil. ‘Blessed’ enfrentou o veterano duas vezes (uma no Brasil e outra nos Estados Unidos) e venceu as duas lutas por nocaute. Contudo, os encontros mais aproximaram do que afastaram os tops do MMA.

“O Rei do Rio! Que carreira! Vá curtir a aposentadoria. Coma um açaí com caju e leite em pó por mim”, escreveu o ex-campeão do UFC.

Derrotado duas vezes por Aldo, Frankie Edgar também se pronunciou. E se engana quem pensa que o americano nutre certo rancor pelos resultados negativos diante do ‘Rei do Rio’ na disputa pelo cinturão do peso-pena. Pelo contrário, em suas redes sociais (veja abaixo ou clique aqui), ‘The Answer’ esbanjou ‘fairplay’ e desejou tudo de melhor para o brasileiro em sua nova fase.

“Aproveite a aposentadoria Aldo e parabéns por uma carreira incrível. Foi uma honra dividir o octógono com uma lenda do nosso esporte! Boa sorte em seus futuros empreendimentos!”, escreveu o ex-campeão do UFC.

Ao longo dos anos, Aldo marcou época no peso-pena do UFC, mas também se destacou no peso-galo (61 kg) e quase foi campeão da categoria em 2020. Contudo, Petr Yan impediu o brasileiro de conquistar um novo cinturão da companhia, ao nocauteá-lo no quinto round. Em suas redes sociais (veja abaixo ou clique aqui), o russo mostrou toda sua admiração pelo veterano em sua despedida do esporte.

“Um dos melhores que já lutou. Aproveite a aposentadoria, lenda”, escreveu o ex-campeão do UFC.

José Aldo, de 36 anos, é uma lenda do MMA. O brasileiro estreou pelo UFC em 2011, foi campeão do peso-pena (66 kg) e disputou o título do peso-galo. Atualmente, o veterano é o sexto colocado no ranking da categoria. No esporte, o atleta venceu 31 lutas e perdeu oito vezes. Seus principais triunfos foram sobre Chad Mendes (duas vezes), Chan Sung Jung, Cub Swanson, Frankie Edgar (duas vezes), Jeremy Stephens, Kenny Florian, Marlon Vera, Mike Brown, Pedro Munhoz, Renato Moicano, Ricardo Lamas, Rob Font e Urijah Faber.

Mais em Notícias