Siga-nos
Diego Ribas/PxImages

UFC

Sandhagen lamenta desfecho ‘anticlímax’ em vitória no UFC: “Decepcionante”

No último sábado (17), Cory Sandhagen se reencontrou com a vitória ao superar o chinês Song Yadong, por nocaute técnico, na luta principal do UFC Vegas 60. Mas, apesar da alegria pelo resultado positivo após perder dois combates em sequência, o americano não saiu completamente satisfeito do octógono montado na instalações do Apex, em Las Vegas (EUA).

Na coletiva de imprensa pós-show, Sandhagen surpreendeu e se mostrou chateado com o desfecho da disputa contra o lutador asiático. Mesmo com a vitória, o americano lamentou o fato do confronto ter sido decidido por interrupção médica, por conta de um profundo corte acima do olho de Yadong causado por uma de suas cotoveladas, antes do início do quinto e último round.

Exigente com sua própria atuação, Sandhagen se incomodou principalmente pelo fato de considerar que finalmente havia desvendado os padrões de comportamento do rival dentro do cage e poderia ter um desempenho ainda melhor na última etapa. Apesar da vitória, o americano classificou o anticlímax provocado pelo final do duelo contra Yadong como “decepcionante”.

“Song é um grande lutador. Eu sabia que ele seria muito duro. O cara bate realmente duro e ele defendeu as quedas muito bem. Eu acho que estava começando a desvendá-lo com o decorrer da luta, então estava ansioso para um quinto round. Eu me senti bem, me senti inteiro. Senti que meus olhos ainda estavam funcionando e meu quinto round seria bom, mas eu queria saber isso. Foi meio que decepcionante”, comentou Cory.

Apesar da avaliação sobre o final do combate, a vitória sobre Song Yadong foi de extrema importância para Cory Sandhagen na organização. O americano vinha de duas derrotas consecutivas, a mais recente delas em disputa pelo cinturão interino peso-galo (61 kg) do UFC contra Petr Yan, e precisava se recuperar para voltar a sonhar com um novo ‘title shot’ no futuro.

Mais em UFC