Siga-nos
Louis Grasse/PxImages

Notícias

Cris ‘Cyborg’ revela que está próxima de assinar contrato para lutar boxe

Após conquistar o cinturão peso-pena (66 kg) em sua estreia pelo Bellator e defendê-lo de forma bem-sucedida em quatro oportunidades, Cris ‘Cyborg’ está livre no mercado após o fim de seu contrato com a organização presidida por Scott Coker. Durante este período no qual a curitibana define seu futuro, muitas especulações surgiram, a mais forte delas, talvez, sobre uma possível ida para o PFL, onde encontraria a americana Kayla Harrison, com quem já trocou muitas farpas publicamente. Mas, ao que tudo indica, o próximo passo da veterana não está ligado ao MMA.

Em recente episódio do podcast ‘The Catch-Up’, Cris revelou que está em negociações avançadas para fechar um acordo que a levará a cumprir um de seus grandes sonhos na carreira: testar suas habilidades no boxe. De acordo com a lutadora, inclusive, resta apenas finalizar alguns detalhes do contrato e assiná-lo para que possa divulgar oficialmente seu próximo compromisso, que, pela primeira vez, será no ringue da nobre arte.

“Meu time já recebeu o contrato. Nós fomos para lá e para cá, trabalhando no contrato. Eu acredito que, em breve, nós vamos finalizá-lo e eu vou assiná-lo. Aí vocês vão saber com quem e onde vai ser minha próxima luta. Eu estou muito animada para fazer minha primeira luta de boxe. Muito, muito empolgada. É um dos meus sonhos”, revelou ‘Cyborg’.

A experiência no boxe, obviamente, não exclui a continuidade da carreira da brasileira no MMA, onde se consagrou como a primeira lutadora a conquistar um título em quatro grandes organizações: Strikeforce, Invicta FC, UFC e Bellator. Mas, de acordo com a própria curitibana, os rumores de que estaria em conversas com o PFL, levantados recentemente pelo próprio CEO da companhia, são falsos.

Apesar disso, ‘Cyborg’ não descarta trabalhar com o PFL, mesmo que seja em uma parceria com seu último chefe, Scott Coker, presidente do Bellator, quem já se mostrou disposto a renovar com a brasileira e co-promover um duelo entre ela e a estrela da entidade rival, a ex-judoca bicampeã olímpica Kayla Harrison.

“Nós nunca tivemos nenhuma conversa com o PFL. Eles nunca conversaram sobre essa luta. Sei que tem muita conversa na internet sobre fazer essa lut com (Kayla) Harrison, de duas formas diferentes, mas eu nunca tive a oportunidade de falar sobre nada. Tenho conversado com Scott Coker sobre lutas de boxe, nós conversamos sobre o quanto co-promover poderia ser legal. Eu realmente amo trabalhar com Scott Coker e se nós tivermos a oportunidade de fazer essa luta acontevcer e continuar com Scott, isso seria incrível, co-promover o evento, e fazer essa luta acontecer”, concluiu.

Considerada por muitos como a maior lutadora de todos os tempos, Cris ‘Cyborg’ se tornou a primeira atleta a conquistar um título em quatro grandes organizações de MMA: Strikeforce, Invicta FC, UFC e Bellator. A curitibana – que possui um cartel irrepreensível de 26 vitórias, duas derrotas e um ‘no contest’ (sem resultado) – já demonstrou interesse em se testar no boxe profissional, um sonho antigo, em outras oportunidades e, ao que parece, está próxima de realizá-lo.

Mais em Notícias