Siga-nos

Notícias

Após novos incidentes, Dana White anuncia fim da trajetória de BJ Penn no UFC

BJ Penn foi campeão do UFC no peso-leve (70 kg) e meio-médio (77 kg) – Leandro Bernardes

Após os recentes incidentes envolvendo BJ Penn, Dana White – presidente do UFC – finalmente se posicionou e confirmou a suspeita de muitos. A carreira do havaiano dentro da organização acabou. Em entrevista à emissora norte-americana ‘ESPN’, o dirigente declarou que o ex-campeão precisa se concentrar em sua vida pessoal antes de pensar em lutar novamente.

Na última semana o site ‘TMZ Sports’ divulgou dois vídeos em que Penn aparece sofrendo um knockdown no meio da rua após levar um soco de um homem e agredindo o mesmo indivíduo com diversos golpes após imobilizá-lo no solo. O novo incidente é apenas mais um de uma longa lista de polêmicas fora do octógono que o havaiano tem colecionado nos últimos tempos. Para Dana White, as confusões e o histórico de resultados negativos acumulados pelo lutador desde 2011 – sete derrotas consecutivas – foram o suficiente para decretar o fim de sua carreira pela entidade.

“Ele não vai lutar novamente. É isso. Está feito. Não é nem que isso foi a gota d’água. Eu não gostava de vê-lo continuando a competir de qualquer forma. Mas quando você tem a relação que nós temos, e ele me ligava implorando por outra luta, implorando por outra oportunidade, era difícil para eu recusar. Porém após o que eu vi naquele vídeo, BJ precisa focar em sua vida pessoal e se recompor antes que ele pense em lutar novamente”, decretou o mandachuva do UFC.

Apesar do conselho, o cartola preferiu não entrar em detalhes sobre o que especificamente ‘The Prodigy’ precisaria fazer para encaixar sua vida novamente nos trilhos. No entanto, Dana se colocou à disposição do atleta havaiano, caso ele solicite algum apoio.

“Eu não vou sentar aqui na TV e criticar BJ Penn e sua vida. Todos nós sabemos o que ele precisa fazer, e eu espero que BJ saiba o que ele necessita fazer. O que eu vi naquele vídeo foi triste. Eu amo o cara, e eu espero que ele dê um jeito em sua vida. Se BJ precisasse de mim, tudo que ele precisa fazer é pegar o telefone e perguntar. Se ele necessitar, eu tenho certeza que ele vai ligar. Se ele não ligar, espero que ele ajeite sua vida”, finalizou Dana White.

Antes da dispensa oficial por parte do UFC, o plano original da organização era agendar o confronto entre BJ Penn e Nik Lentz para o final de 2019, no que seria a última luta do havaiano. Com essa possibilidade afastada, o ex-campeão peso-leve (70 kg) e meio-médio (77 kg) encerra sua trajetória na entidade com 12 vitórias e 13 derrotas. Em seu cartel, incluindo apresentações por outras ligas, Penn acumula 16 triunfos e 14 reveses.

Mais em Notícias