Siga-nos

Entrevistas

Larissa Pacheco exalta vitória sobre Kayla Harrison: “Grande realização na minha vida”

A noite de sexta-feira (25) foi de muita alegria para Larissa Pacheco. Depois de perder os dois primeiros duelos contra a bicampeã olímpica Kayla Harrison, ambos em 2019, a brasileira mostrou toda sua evolução no esporte nos últimos anos e deu o troco na americana, vencendo a final do torneio peso-leve (70 kg) do PFL, realizada Nova York (EUA), e conquistando o título, que acrescentou 1 milhão de dólares (cerca de R$ 5,4 milhões) à sua conta bancária.

E, para a atleta de Belém (PA), ao menos neste primeiro momento, o principal motivo de comemoração não é o milionário prêmio concedido pelo PFL aos campeões da temporada, mas sim o feito de ter finalmente superado sua antiga algoz, uma lutadora com credenciais de sucesso no judô e no MMA. Em entrevista exclusiva à reportagem da Ag Fight (clique aqui), Larissa exaltou a importância da conquista e ressaltou que o triunfo sobre a americana deve alavancar ainda mais sua carreira.

“Com certeza tem (um sabor especial vencer a Kayla). Tem um gostinho, não é de vingança, mas tem um gostinho de um milhão… Um cinturão, uma grande realização na minha vida, ganhar de uma atleta olímpica. Eu não penso nem tanto na grana, porque agora, ganhando essa mulher, o meu nome vai (subir), já está estourado. É só resultado do meu trabalho, da minha dedicação”, afirmou a paraense.

O foco na disputa, vencida por Larissa na decisão unânime dos juízes após cinco rounds, estava tão grande que a brasileira admite que ainda não teve tempo para pensar no que fazer com a quantia milionária que será depositada em sua conta bancária. Apesar disso, a nova campeã do PFL garante que não fará nenhuma extravagância com o dinheiro.

“Nem sabia que eu tinha ganhado um milhão de dólares (risos). Não deu nem para contar. Eu não estou pensando em nada ainda em relação a esse dinheiro. Eu estou muito mais feliz pela realização. Óbvio que é muito bom. Mas ainda não caiu a ficha do que eu vou fazer (com esse dinheiro). Mas posso adiantar que eu não vou sair estourando esse dinheiro, porque foram muitos anos de trabalho, de suor e agora a gente vai sentar e ver com calma o que vai fazer”, concluiu.

Aos 28 anos de idade, Larissa Pacheco chega ao ápice de sua carreira, até o momento. A lutadora paraense iniciou sua trajetória no MMA profissional em 2012 e, após conquistar cinturões no ‘Jungle Fight’ e no ‘WSOF’, conseguiu adicionar mais um título, desta vez o do PFL, com a vitória mais expressiva de sua carreira, sendo a responsável por aplicar a primeira derrota da bicampeã olímpica e duas vezes vencedora do torneio do PFL Kayla Harrison.

Mais em Entrevistas