Siga-nos

Entrevistas

Esquiva Falcão explica desafio a Vitor Belfort: “Defender a nobre arte”

Mesmo sem atuar, Esquiva Falcão foi um dos destaques da segunda edição do ‘Fight Music Show’. De longe, mas atento ao evento que alterna lutas de boxe e de MMA, realizado em setembro, em Curitiba, o pugilista, empolgado com o nível dos combates, aproveitou a ocasião para desafiar Vitor Belfort de forma pública. Como sua proposta abalou a comunidade das artes marciais brasileira, o atleta, em entrevista exclusiva à reportagem da Ag. Fight (veja acima ou clique aqui), explicou de onde surgiu a ideia.

Esquiva está próximo de disputar o título mundial da IBF (Federação Internacional de Boxe), mas, ao mesmo tempo que possui o objetivo de ser campeão de boxe, também deseja se tornar popular e, consequentemente, reconhecido. Sendo assim, uma possível luta contra Belfort no ringue, ajudaria o atleta em sua busca. Mas não para por aí.

Falcão revelou que o principal motivo que o levou a desafiar ‘The Phenom’ foi sua postura no duelo com Evander Holyfield, em 2021. Na ocasião, Vitor, de 45 anos, aplicou uma surra em ‘The Real Deal’, de 59 anos, e nocauteou em menos de dois minutos. Fã do veterano, o capixaba condenou o compatriota por lutar sério e tratou como alvo.

“Uma das minhas maiores tretas com o Vitor foi porque ele fez um evento nos Estados Unidos, onde ele enfrentou o Holyfield. O Holyfield já estava há tempos parado, a idade é bastante diferente e o Vitor tinha se aposentado recentemente. Quando se aposenta recentemente, o lutador ainda está bem para fazer luta, tem físico bom, um preparo bom ainda. Holyfield estava aposentado há anos, não sabia o que era botar uma luva. Holyfield aceitou fazer uma exibição, Vitor foi para cima e nocauteou o Holyfield. Holyfield é uma grande lenda, assim como o Vitor é, mas acho que deveria ter mais respeito dos dois. Um respeitando o outro, mas Vitor foi sério. Aí, eu quis comprar essa briga, para defender a nobre arte também. Agora, espero a resposta do Vitor, ele aceitar para a gente fazer a brincadeira, uma exibição para os fãs de boxe e do MMA assistirem e aplaudirem de pé”, declarou o boxeador.

Esquiva Falcão, de 32 anos, é um dos pugilistas mais importantes do Brasil e está invicto. O lutador iniciou sua trajetória no boxe profissional em 2014 e, apesar da boa reputação conquistada no esporte, só conseguiu se colocar em posição de destaque depois de uma longa caminhada. O brasileiro conquistou a medalha de prata nas Olimpíadas de 2012, realizada em Londres (ING). Após vencer sua luta em maio, o atleta ficou próximo de disputar o título da IBF.

Mais em Entrevistas