Siga-nos

Entrevistas

Edson Barboza celebra aumento salarial e renovação de contrato com o UFC

Depois de entrar em rota de colisão com o UFC e chegar a pedir para ser liberado de seu contrato, Edson Barboza se acertou com a organização e ganhou nova motivação para continuar sua caminhada em busca de uma chance de disputar o cinturão peso-pena (66 kg). De contrato renovado, com direito a aumento salarial, o striker está escalado para enfrentar Shane Burgos, no próximo dia 15 de maio, pelo UFC 262, em Houston (EUA).

Em entrevista exclusiva à reportagem da Ag Fight (veja acima ou clique aqui), Edson celebrou a assinatura do novo acordo com a principal organização de MMA do planeta, na qual compete desde 2010. O lutador destacou o sentimento de valorização de seu trabalho como ponto fundamental do novo contrato.

Vale lembrar que, além da valorização salarial, Barboza pleiteava um maior volume de compromissos marcados pelo Ultimate, visando ser o mais ativo possível. Ainda que essa questão não tenha sido resolvida até o momento, o brasileiro se apega na satisfação pelo novo acordo.

“Sinceramente, eu não sei o porquê dessa dificuldade (de lutar mais), até porque eu estou sempre disposto a lutar com qualquer um, em qualquer lugar. Mas hoje em dia, eu estou muito feliz com esse novo contrato que eu pude fechar com o UFC. Realmente hoje eu tenho certeza que eles apreciam o meu trabalho, que eles são gratos por todo suor, todo sangue que eu derramei no cage. Eu me senti valorizado com esse novo contrato”, afirmou Edson, antes de completar.

“E recebi uma motivação extra, porque agora mais do que nunca eu tenho que chegar lá e mostrar que eu realmente tenho esse valor todo que eles me pagaram. Estão me pagando realmente o que eu acho que merecia, que meu time, minha família, acreditava que eu merecia. E eles estão me pagando um valor que eu acredito que mereço, e isso me deixou muito feliz. Como eu falei, de fato eu vi que o UFC aprecia o meu trabalho. Isso foi muito gratificante e me deixou mais motivado do que nunca”, finalizou.

Após construir grande parte de sua trajetória no UFC na divisão dos leves (70 kg), Edson Barboza optou por descer para o peso-pena em 2020, e já ocupa a 12ª posição na categoria. Uma vitória sobre Shane Burgos, no dia 15 de maio, pode colocar o brasileiro no top 10 da divisão.

Mais em Entrevistas