Siga-nos
UFC/ Divulgação

UFC

Valentina vence Jennifer Maia por decisão unânime e amplia invencibilidade na categoria

Grande ‘zebra’ da noite, a curitibana Jennifer Maia se apresentou no co-main event do UFC 255 neste sábado (21), em Las Vegas (EUA), com a missão de acabar com a sequência de cinco vitórias de Valentina Shevchenko. No entanto, a campeã peso-mosca (57 kg) não encontrou dificuldades para manter seu cinturão e ampliar sua invencibilidade na categoria.

Depois de um início estudado, Valentina pouco a pouco ampliou sua vantagem e passou a castigar a oponente em pé. Apesar de sofrer para se livrar dos clinches da brasileira, visivelmente mais forte, a campeã fez o dever de casa e sobrou nas papeletas dos jurados. Vitória por decisão unânime.

Após a 20ª vitória de sua carreira, a sexta seguida, a atleta do Quirguistão segue imbatível da divisão, justificando o amplo favoritismo nas bolsas de apostas. Aos 32 anos, Valentina venceu nove de suas 11 disputas no octógono mais famoso do mundo, perdendo apenas em duas oportunidades para Amanda Nunes, campeã dos galos (61 kg) e penas (66 kg). Um terceiro encontro faz mais sentido a cada dia.

A luta

Depois de uma breve troca de golpes em pé, Valentina derruba a brasileira e utilizou a posição de vantagem para abrir vantagem nas papeletas dos jurados, além de acertar alguns golpes e minar o gás de Jennifer. Com cinco minutos de pouca ação, a campeã garantiu a superioridade, embora com pouca efetividade. Maia 9 x 10 Valentina.

Na segunda etapa, Jennifer foi derrubada, mas rapidamente desequilibrou a oponente, voltou à disputa em pé e levou Valentina para a grade, de onde buscou trabalhar com golpes na curta distância. Durante o clinche, a representante da Chute Boxe aproveitou um erro na tentativa de queda da rival para cair por cima e passar mais da metade do assalto por cima. Mesmo sem grande contundência nos ataques, a curitibana dominou as ações. Maia 19 x 19 Valentina.

No terceiro round, Valentina começou melhor, conectou três fortes diretos de esquerda e derrubou. Por cima, a atleta do Quirguistão cominou as posições e conectou alguns bons ataques até que a brasileira conseguiu levantar e a levar para a grade novamente. Maia 28 x 29 Valentina.

O quarto assalto foi dominado completamente pela campeã. Sem se deixar agarrar, Valentina conectou alguns diretos de esquerda de encontro no rosto da desafiante, que sentiu. Disposta a minimizar o prejuízo, Jennifer encurtou a distância, mas foi recebida por outra queda, o que determinou o resto das ações na etapa. Por cima, Shevchenko se manteve alternando socos no corpo e no rosto para anotar novos cinco minutos de superioridade.Maia 37 x 39 Valentina.

A quinta e última etapa foi movimentada. Ciente da desvantagem no placar, Jennifer partiu para cima, clinchou e levou para a grade algumas vezes. Para isso, no entanto, ela recebeu muitos diretos e cruzados de encontro que rapidamente abriram um corte em seu nariz. No minuto final, uma troca franca de socos encerrou a disputa de uma forma dinâmica e empolgante. Bela disputa! Maia 46 x 49 Valentina.

Acompanhe os resultado do card preliminar do UFC 255:

Valentina Shevchenko venceu Jennifer Maia por decisão unânime;
Tim Means venceu Mike Perry por decisão unânime;
Katlyn Chookagian venceu Cynthia Calvillo por decisão unânime;
Paul Craig nocauteou Maurício ‘Shogun’ no 2º round;
Brandon Moreno nocauteou Brandon Royval no 1º round;
Joaquin Buckley nocauteou Jordan Wright no 2º round;
Antonina Shevchenko nocauteou Ariane Lipski no 2º round;
Nicolas Dalby venceu Daniel Rodriguez por decisão unânime;
Alan Jouban venceu Jared Gooden por decisão unânime;
Kyle Daukaus venceu Dustin Stoltzfus por decisão unânime;
Sasha Palatnikov nocauteou Louis Cosce no 3º round.


Mais em UFC