Siga-nos
UFC/ Divulgação

UFC

Americano ignora erro do UFC na escolha de música e canta hit de Beyonce; veja

Escalado para fazer uma das principais lutas do card do UFC 255, o americano Mike Perry foi surpreendido antes de entrar no octógono neste sábado (21). Enquanto caminhava no ginásio montado em Las Vegas (EUA), o atleta percebeu que a música que tocava no ambiente não era a que havia sido escolhida por ele para a ocasião – e sua reação foi a mais inusitada possível (veja abaixo ou clique aqui).

Depois de olhar para os membros do seu corner e gritar que a música não era a certa, Perry levou alguns segundos até reconhecer que o ‘hit’ que tomava conta do UFC Apex era a música ‘Halo’, da cantora Beyonce. A partir daí, ele simplesmente começou a cantar tão alto que parecia que, de fato, a trilha sonora havia sido escolhida por ele.

Passado o momento de descontração, que rapidamente se tornou um dos assuntos mais comentados nas redes sociais, Perry entrou no octógono para medir forças com Tim Means. E após três rounds movimentados, ele acabou superado por decisão unânime dos jurados.

Um dia antes, durante a pesagem oficial para o evento, o atleta foi o único dos competidores escalados para o card a não bater o peso correto de sua divisão, a dos meio-médios (77 kg). Na ocasião, ele cravou cerca de dois quilos acima da marca estipulada.

Acompanhe os resultados do UFC 255:

Tim Means venceu Mike Perry por decisão unânime;
Katlyn Chookagian venceu Cynthia Calvillo por decisão unânime;
Paul Craig nocauteou Maurício ‘Shogun’ no 2º round;
Brandon Moreno nocauteou Brandon Royval no 1º round;
Joaquin Buckley nocauteou Jordan Wright no 2º round;
Antonina Shevchenko nocauteou Ariane Lipski no 2º round;
Nicolas Dalby venceu Daniel Rodriguez por decisão unânime;
Alan Jouban venceu Jared Gooden por decisão unânime;
Kyle Daukaus venceu Dustin Stoltzfus por decisão unânime;
Sasha Palatnikov nocauteou Louis Cosce no 3º round.

Mais em UFC