Siga-nos
Louis Grasse/PxImages

UFC

Treinador de Khabib aconselha ‘Do Bronx’ a encarar McGregor: “Vá pegar o dinheiro”

Após passar com louvor pelo seu primeiro teste como campeão, ao finalizar Dustin Poirier no UFC 269, no último mês de dezembro, Charles ‘Do Bronx’ segue com seu futuro indefinido, sem um oponente confirmado para sua próxima defesa de título. Apesar do americano Justin Gaethje, número um do ranking peso-leve (70 kg), ser o favorito à vaga, uma grande estrela da companhia ameaça furar a fila. O irlandês Conor McGregor já demonstrou interesse em retornar da grave lesão da qual se recupera com uma peleja contra o campeão, e, na visão de parte da comunidade do MMA, esta é uma opção a ser considerada pelo brasileiro.

Um dos que compartilham dessa opinião é Javier Mendez. Em entrevista ao canal ‘Helen Yee Sports’, do ‘Youtube’, o treinador da ‘American Kickboxing Academy’ – responsável por aprimorar o jogo de Khabib Nurmagomedov e Islam Makhachev, entre outros – aconselhou ‘Do Bronx’ a aceitar a disputa contra McGregor, tendo em vista o maior potencial de retorno financeiro que um combate contra o ex-campeão peso-pena (66 kg) e peso-leve (70 kg) do UFC possui em comparação com o duelo contra Justin Gaethje.

“Vá pegar o dinheiro. O UFC é um negócio, eles vão fazer o que tiverem que fazer. Então, eu penso que, olha o que Dustin (Poirier) fez. O que Dustin fez? Foi atrás do título ou do dinheiro? Ele foi atrás do dinheiro. Muitos desses lutadores atingiram certo status, eles mostram seu valor pelo que eles fazem, eles vão atrás do dinheiro, enquanto outros lutadores mostram seu status onde o coração está, onde eles vão para o título. Nesse caso em particular, eu estou pensando, já que ele (Charles) já tem o título, ele vai atrás do dinheiro. Quem proporcionar mais dinheiro para Charles é quem eu acredito que ele vá lutar”, analisou Javier Mendez.

Após engatar uma sequência de oito vitórias, Charles ‘Do Bronx’ foi escalado para enfrentar Michael Chandler, em disputa válida pelo cinturão vago do peso-leve, em maio do ano passado. Depois de sofrer um perigoso knockdown no primeiro round, o brasileiro voltou com tudo no segundo assalto e, com menos de 20 segundos, nocauteou o americano, se tornando o novo campeão da categoria.

Na primeira defesa de cinturão, Charles teve pela frente Dustin Poirier, considerado por grande parte da comunidade do MMA como o principal nome da divisão até 70 kg do UFC na atualidade. Mesmo assim, o campeão conseguiu mostrar mais uma vez porque é o recordista de vitórias por finalização na história do Ultimate e, com um mata-leão, definiu a peleja a seu favor, no terceiro round. Agora, ‘Do Bronx’ aguarda a definição de seu próximo adversário, que deve ficar entre Justin Gaethje e Conor McGregor.

Mais em UFC