Siga-nos
Louis Grasse/PxImages

UFC

Chandler muda de opinião e aposta em ‘Do Bronx’ em possível luta contra Gaethje

A luta entre Charles Oliveira e Justin Gaethje não foi oficializada pelo UFC, mas já movimentou o cenário do peso-leve (70 kg). Como os atletas começaram a interagir e Dana White, líder da organização, sinalizou que o americano será o novo desafiante ao título de ‘Do Bronx’ na categoria, na temporada 2022, parte dos integrantes dela, assim como uma parcela dos fãs, analisou o possível duelo.

Khabib Nurmagomedov e seu fiel escudeiro Islam Makhachev deram seu palpite sobre quem será o vencedor de uma provável luta envolvendo Charles e Gaethje e Michael Chandler fez o mesmo. Em entrevista ao site ‘MMA Fighting’, o ex-campeão do peso-leve do Bellator concordou com os russos e indicou que ‘Do Bronx’ possui boas chances de defender o cinturão da categoria do UFC pela segunda vez.

E Chandler tem propriedade para comentar o confronto, já que encarou Charles e Gaethje, em 2021, sua temporada de estreia no UFC, e perdeu para ambos. Inclusive, o americano mudou de opinião. Anteriormente, ‘Iron’ afirmou que seu compatriota iria machucar o campeão do peso-leve da empresa, caso o enfrentasse no octógono, mas, após este finalizar Dustin Poirier, em dezembro, reconheceu seu valor e passou a enaltecê-lo. Postura parecida teve ‘The Highlight’, que provocava o brasileiro e, agora, passou a elogiá-lo.

“Acho que Charles pode ganhar essa luta. Tem ocorrido um processo de amadurecimento que nós assistimos. Ele teve um passado irregular, alguns altos, mas muito mais baixos do que muitas pessoas. Foram muitas perdas, muitas delas nos penas, não bateu o peso, desistiu de si mesmo, abandonou a si mesmo. Essa tem sido uma de suas coisas. Vimos isso quando ele lutou comigo. Charles não desistiu de si mesmo”, declarou o ex-campeão do Bellator.

Charles Oliveira, de 32 anos, vive sua melhor fase no MMA. Conhecido no esporte pelo jiu-jitsu de alto nível, o brasileiro mostrou que sua trocação também representa uma ameaça aos oponentes. Atualmente, ‘Do Bronx’ é o campeão do peso-leve do UFC, é o dono da quinta posição no ranking peso-por-peso da companhia e possui dez triunfos seguidos, sendo seis por finalização e três por nocaute. Além disso, o paulista é o recordista de finalizações na história da empresa (15 vezes), é o maior colecionador de bônus (18) e o lutador que mais venceu pela via rápida (18). Seu cartel profissional é composto por 32 vitórias, sendo 29 pela via rápida, oito derrotas e um ‘no contest’ (luta sem resultado).

Mais em UFC