Siga-nos
Natassia Del Fischer

UFC

Rival de ‘Bate-Estaca’ ironiza diferença de altura: “É como se eu enfrentasse Jon Jones”

Responsável por dar as boas-vindas à Jéssica ‘Bate-Estaca’ na divisão dos pesos-moscas (57 kg), Katlyn Chookagian não parece preocupada com a força física acima da média da adversária, um dos fatores fundamentais para que a brasileira construísse uma trajetória de sucesso no UFC, que inclui a conquista do cinturão peso-palha (52 kg). Ao invés disso, a americana de ascendência armênia aposta na vantagem de alcance que terá ao medir forças com a paranaense no octógono montado na ‘Ilha da Luta’, em Abu Dhabi (EAU), neste sábado (17).

Durante o media day do UFC ‘Fight Island 6’, realizado nesta quarta-feira (14), Chookagian ponderou que a ex-campeã peso-palha não deve ter a mesma facilidade para impôr seu jogo de imposição física na categoria de cima, e citou a passagem de Jéssica pela divisão dos galos (61 kg) como exemplo. Na visão da americana, a brasileira apresenta dificuldade diante de rivais mais altas e com maior envergadura, que consigam explorar essa vantagem e manter a distância na luta em pé, justamente a estratégia que ela pretende colocar em prática no sábado.

Bastante alta para a divisão, Chookagian – que mede 1.75 m – tem cerca de 20 centímetros a mais do que a paranaense. Vantagem que fez a atual número um do ranking peso-mosca comparar, com certo grau de provocação, a diferença de altura para ‘Bate-Estaca’ com a que teria caso encarasse Jon Jones, ex-campeão peso-meio-pesado (93 kg) da liga, que mede 1.93 m.

“Eu acho que no peso-palha, ela consegue intimidar as garotas. Essa é meio que a vantagem dela, quando ela é capaz de intimidá-las pelo poder físico e meio que usar seu tamanho para ganhar vantagem. Mas ela não fez muito isso no peso-galo. As garotas que ela perdeu eram maiores ou mais altas, e strikers com maior alcance”, analisou Katlyn, antes de completar.

“Eu sou definitivamente maior do que ela, sou definitivamente mais alta. Acho que sou 20 centímetros mais alta do que ela. É como se eu enfrentasse Jon Jones (risos). Então, obviamente meu plano de jogo é usar meu alcance e manter a distância”, concluiu.

Katlyn Chookagian e Jéssica ‘Bate-Estaca’ medem forças neste sábado, no co-main event do UFC ‘Fight Island 6’, em Abu Dhabi. A americana vem de vitória sobre Antonina Shevchenko, depois de perder justamente para a irmã mais nova da quirguistanesa, Valentina, atual campeã peso-mosca. Já a brasileira busca se recuperar após sofrer dois reveses consecutivos, para Zhang Weili, em duelo que encerrou seu reinado no peso-palha, e na revanche com Rose Namajunas, em julho deste ano, na primeira passagem do Ultimate pela ‘Ilha da Luta’.

Mais em UFC