Siga-nos
Jeff Bottari/Zuffa LLC

UFC

Prochazka se lesiona, abre mão de título do UFC e cancela luta com Glover; entenda

A menos de três semanas para sua realização, o UFC 282 sofreu um desfalque irreparável em sua composição. A luta principal do card, entre Jiri Prochazka e Glover Teixeira, que colocaria em jogo o título dos meio-pesados (93 kg) da companhia, foi cancelada após o campeão tcheco precisar deixar o evento por conta de uma séria lesão no ombro direito. O posto de atração principal do evento foi ocupado pelo duelo entre Jan Blachowicz e Magomed Ankalaev, que agora medem forças pelo cinturão da categoria.

A informação foi dada em primeira mão pelo site ‘Yahoo Sports’ e confirmada pela equipe de reportagem da Ag Fight.  De acordo com a ‘ESPN’ americana, a decisão de desocupar o posto de campeão foi tomada justamente por Prochazka, em respeito aos demais lutadores da categoria, uma vez que sua lesão, de origem ortopédica e adquirida durante um sessão de treinos de wrestling no Instituto de Performance do UFC, tem um prazo de tratamento médio de mais de um ano.

“Esta é a pior lesão no ombro que os médicos já viram na história do UFC. É realmente muito ruim. Seu ombro está muito, muito ruim. Ele vai passar por uma cirurgia séria que exigirá uma extensa reabilitação”, declarou Dana White, presidente do Ultimate, em entrevista ao ‘Yahoo Sports.’

Após ser notificado do status do atleta tcheco, o Ultimate teria oferecido um novo oponente para Glover pelo cinturão linear até 93 kg e recebido uma contraproposta do veterano. Em contato direto com a reportagem da Ag Fight, o ex-campeão revelou que sugeriu o nome de Blachowicz como novo adversário e tentou adiar a disputa de título para janeiro, no card que marca o retorno do Ultimate ao Brasil, mais precisamente na ‘Cidade Maravilhosa’.

No entanto, as negociações com o Ultimate não avançaram e Glover admite que se sentiu injustiçado, além de afirmar que não sente que, devido às circunstâncias, recusou um ‘title shot’. Devido ao impasse e com um prazo curto, a menos de um mês para o show, a organização da companhia agiu rapidamente e escalou Blachowicz e Ankalaev, números 2 e 3 do ranking, para a disputa do agora título vago dos meio-pesados.

Ainda de acordo com Glover, em contato com a Ag Fight, o brasileiro será o próximo da fila e enfrentará o vencedor do duelo entre Ankalaev e Blachowicz, que agora lidera o card do dia 10 de dezembro, na ‘T-Mobile Arena’, em Nova York (EUA).

Mais em UFC