Siga-nos
Diego Ribas/PxImages

UFC

Primeira defesa de cinturão de Glover Teixeira é remarcada para o UFC 275 em junho

Glover Teixeira vai ter que esperar um pouco mais para colocar o título dos meio-pesados (93 kg) em jogo pela primeira vez contra Jiri Prochazka. O duelo entre o veterano do MMA e a promessa do esporte aconteceria no UFC 274, no dia 7 de maio, mas, agora, passou para a edição de número 275, em junho, ainda sem data e local específicos. A informação foi divulgada pelo site ‘Combate.com’ e confirmada pela reportagem da Ag. Fight com fontes próximas à organização.

O motivo para a disputa de título dos meio-pesados do UFC não acontecer em maio e sim em junho ainda é um mistério. Como marcou presença na edição ‘Vegas 49’, realizada no último sábado (26), no corner de Wellington Turman, o campeão da categoria abordou o tema:

“Vai ser transferida para junho, eles acabaram de dizer. Ainda não temos a data. Não será no Brasil, então não me importo”, declarou o campeão do UFC.

Glover Teixeira, de 42 anos, finalmente transformou seu sonho de se tonar campeão dos meio-pesados do UFC em realidade em 2021. O brasileiro estreou no MMA em 2002 e só chegou ao Ultimate dez anos depois. Pela companhia, o mineiro disputou o título da divisão pela primeira vez, em 2014, contra Jon Jones, foi derrotado, mas não desperdiçou a chance na segunda tentativa. Em seu cartel, o veterano apresenta 33 vitórias, sendo 28 pela via rápida, sete derrotas e triunfos marcantes sobre Anthony Smith, Jan Błachowicz, Jared Cannonier, Ovince Saint Preux, Quinton ‘Rampage’ Jackson, Rashad Evans, Ryan Bader e Thiago ‘Marreta’.

Dono de um estilo de luta agressivo e empolgante, Jiri Prochazka, de 29 anos, protagonizou uma ascensão meteórica no UFC e se tornou desafiante ao título dos meio-pesados com apenas duas lutas disputadas na companhia. Em sua trajetória no MMA, ‘Denisa’ realizou 32 combates, venceu 28, sendo 25 por nocaute e duas por finalização, perdeu três e empatou uma vez. Seus triunfos de maior destaque na modalidade foram diante de Bruno Cappelozza, Dominick Reyes, Karl Albrektsson, ‘King Mo’ Lawal, Vadim Nemkov e Volkan Oezdemir.

Mais em UFC