Siga-nos
Vianney Le Caer/ Px Images

UFC

Paddy Pimblett promete roubar a cena no UFC 282: “Sou a atração principal”

Há cerca de uma semana, o card do UFC 282 perdia sua luta principal após o então campeão dos meio-pesados (93 kg), Jiri Prochazka, revelar uma grave lesão que o obrigou a se retirar da luta com Glover Teixeira. Após o desfalque de última hora, a empresa promoveu o duelo entre Jan Blachowicz e Magomed Ankalaev ao posto de ‘main event’ e remanejou também o embate entre Paddy Pimblett e Jared Godon para co-liderar o show. A posição de destaque, porém, não parece cativar tanto ‘The Baddy’, que já se considerava protagonista do evento antes mesmo da ‘dança da cadeiras’.

Em entrevista ao perfil oficial do ‘UFC Europa’, o jovem inglês, que participará pela primeira vez de um evento numerado da organização, comemorou o posto de destaque do show com sede na ‘T-Mobile Arena’, em Las Vegas (EUA), mas ponderou que os fãs de MMA voltariam os olhos para ele, independentemente da posição de seu combate no card.

“Eu já era o ‘main event’ do povo de qualquer forma. Mas obviamente fazer parte do co-main event é um privilégio, então mal posso esperar para dar um show para todos. Sei que muitas pessoas só estarão lá para me assistir. Sou a atração principal, simples assim. Mesmo quando faria uma luta sem tanto destaque (no card). Agora que sou o co-main, sou a atração principal. Sinto muito pelas outras pessoas do card, porque toda a atenção estará voltada para mim. O que posso fazer?”, declarou.

Com pouco mais de um ano de Ultimate, Pimblett já se tornou uma das principais estrelas em ascensão da liga mais famosa de MMA do mundo, por conta de seu carisma e também das atuações dominantes dentro do octógono. Desde que chegou ao UFC, o peso-leve (70 kg) de 27 anos emplacou três vitórias em três lutas – todas por nocaute ou finalização.

Mais em UFC