Siga-nos
Louis Grasse/PxImages

UFC

Masvidal recusa desafio e discorda de fama de durão de Chandler: “É um desistente”

Sem lutar desde março e em má fase na carreira no UFC, com três derrotas seguidas, Jorge Masvidal parece não ter pressa para voltar a atuar. Recentemente, o veterano, dono do cinturão ‘BMF’ (lutador mais durão) da companhia, foi desafiado por Gilbert ‘Durinho’, recusou o combate e fez o mesmo com Michael Chandler. ‘Iron’ expressou o interesse em tomar tal título do ‘bad boy’, porém ‘Gamebred’ o classificou como um oponente de pouco valor.

Em entrevista ao site ‘MMA Fighting’, Masvidal deixou claro que não possui qualquer apreço por Chandler. Tanto que o veterano explica que o mesmo não está apto para disputar o cinturão ‘BMF’, pois é tudo, menos um atleta durão. Vale pontuar que, desde a sua criação pelo UFC, em 2019, tal posto nunca foi defendido por Jorge. De acordo com ‘Gamebred’, o ex-campeão do peso-leve (70 kg) do Bellator, ao longo de sua carreira, já comprovou não ter o coração de um lutador de verdade e a garra necessária para sair de situações adversas em combate. Não satisfeito, Jorge ignora a má fase que atravessa profissionalmente e minimiza a qualidade de ‘Iron’, o tratando como presa fácil.

“Chandler é um desistente. Eu o vi lutar contra Will Brooks e ele bateu naquele filho da p*** com tanta força, que ele desistiu no meio da luta. Ele se virou, balançou a cabeça e disse, ‘Cansei de lutar’. BMF é o c***. Essa é a primeira regra para ser um BMF: você não pode ser desistente. Você pode perder, mas não pode desistir. Aquela conversa pelo cinturão BMF? Sei que Chandler não tem uma boa percepção do mundo, mas isso não está acontecendo. Essa luta não faz nada por mim no ranking dos meio-médios. Se ele subir e eu acertar um jab, ele vira pó, se desintegra. Não vejo risco nem recompensa nessa luta. Eu matar esse cara não faz nada por mim ou por minha carreira. Ele também não é um vendedor de pay-per-view. Há muitos caras duros no MMA, mas Chandler não é um deles”, declarou o lutador.

Jorge Masvidal, de 38 anos, é um dos atletas mais populares do MMA atual, mas atravessa momento delicado na carreira, com três derrotas seguidas no UFC para Kamaru Usman (duas vezes) e Colby Covington. Em busca de voltar ao caminho das vitórias, o americano, especialista em trocação, informa que seu foco agora é evoluir no wrestling. Seus principais triunfos foram sobre Ben Askren, Darren Till, Donald Cerrone, Jake Ellenberger, Joe Lauzon, Michael Chiesa e Nate Diaz.

Mais em UFC