Siga-nos
Louis Grasse - PXimages

UFC

Joe Rogan exalta velocidade de Volkanovski em ‘superluta’ com Makhachev no UFC

Com o status de ser um dos combates mais aguardados de 2023, antes mesmo do início da próxima temporada, a ‘superluta’ entre Alexander Volkanovski e Islam Makhachev atrai o olhar e opinião das mais diversas figuras do mundo dos esportes de combate. O nome mais recente a avaliar o confronto foi Joe Rogan, comentarista do UFC, que destacou um fator que pode ser primordial no duelo: a velocidade do campeão peso-pena (66 kg).

Em episódio recente de seu podcast ‘The Joe Rogan Experience’, que contou com Sean O’Malley, atleta do Ultimate, como convidado, o comentarista explicou que a agilidade de ‘The Great’ pode se tornar uma pedra no sapato de Makhachev, que está habituado a medir forças com rivais de maior porte e, consequentemente, mais lentos.

“Islam já encarou alguém que consegue se mover tão rápido quando o Volkanovski? E se ele (Volk) começar a tocar nele? E se ele golpear algumas vezes em pé e conseguir evitar a queda? Quero dizer, você está lidando com um cara significativamente mais ágil. (O Makhachev) provavelmente nunca lutou com alguém tão rápido”, avaliou Joe.

Mas se por um lado, na opinião do comentarista, a velocidade do australiano pode ser o fiel da balança, do outro, Joe admite que a diferença de tamanho entre os dois atletas pode favorecer o wrestler russo, que se impõe fisicamente de forma natural contra rivais de 70 kg.

“Você acha que ele é grande o suficiente para competir contra um cara como o Islam, que é grande para os pesos-leves? (…) Ele bate o peso e obviamente fica bem maior quando luta, não parece um cara com 70 kg. A chave é o grappling. Se você avaliar o Volkanovski, ele tem uma defesa de quedas muito boa e consegue quedar os rivais (…) Mas ele não é o cara maior nem com 66 kg”, ponderou Rogan.

O combate entre os dois campeões, que coloca em jogo o título dos pesos-leves, está marcado para o dia 11 de fevereiro de 2023, no UFC Perth, na Austrália. Lutador da casa, Volkanovski vai em busca do status de bicampeão simultâneo, enquanto Islam tenta defender seu reinado pela primeira vez.

Mais em UFC