Siga-nos
Diego Ribas/PxImages

UFC

Neil Magny rebate provocação de Khamzat Chimaev e ameaça: “Vou te bater”

Demorou, mas chegou. Derrotado por Michael Chiesa na luta principal do UFC Fight Island 8, no último dia 20 de janeiro, Neil Magny foi provocado por Khamzat Chimaev nas redes sociais logo após o combate. Com mais de duas semanas de atraso, o meio-médio (77 kg) americano – através de sua conta oficial no ‘Twitter’ (veja abaixo ou clique aqui, aqui e aqui) – rebateu o rival de divisão e ainda o ameaçou.

Em resposta ao russo naturalizado sueco, Magny disparou contra Chimaev e o acusou de só aceitar duelos contra adversários teoricamente mais fáceis. O americano ainda fez questão de alertar o rival para um possível enfrentamento físico caso ambos se encontrem pessoalmente no futuro.

“Onde estava essa energia há alguns meses quando você teve a oportunidade de me enfrentar? Eu não escolho a dedo meus oponentes como você faz, eu enfrentei os melhores caras no UFC pelos (últimos) oito anos. Uma coisa que você não sabe nada sobre. Certifique-se de manter a mesma energia quando você me ver pessoalmente! Eu vou te dar minha palavra, que eu vou te bater imediatamente e te ensinar a respeitar”, rebateu Neil Magny.

Nova sensação do UFC, Khamzat Chimaev venceu, de forma contundente, seus três combates realizados no octógono mais famoso do mundo até o momento. O sueco, atual 15º colocado no ranking dos meio-médios, tem duelo marcado contra Leon Edwards, número 3 da lista, em evento do Ultimate agendado para o dia 13 de março.

Já Neil Magny teve sua sequência de três vitórias interrompida com a derrota para Michael Chiesa no último dia 20 de janeiro. Ainda assim, o americano ocupa atualmente a 10ª posição no ranking da divisão até 77 kg do UFC.

Mais em UFC