Siga-nos
Louis Grasse/PxImages

UFC

Nate Diaz afirma que teria vencido Leon Edwards no “mundo real”

De volta aos octógonos após mais de um ano afastado, Nate Diaz foi dominado por Leon Edwards durante grande parte dos 25 minutos de luta e viu os juízes confirmarem sua derrota nas papeletas, por decisão unânime, em duelo válido pelo card do UFC 263, realizado no último sábado (12), no Arizona (EUA). Apesar do incontestável revés, o excêntrico lutador apresentou uma visão peculiar sobre o confronto após o final.

Durante a coletiva de imprensa do UFC 263, Nate admitiu a derrota para Edwards, mas afirmou que em um confronto real – sem limite de tempo – teria vencido o rival. O ‘bad boy’ se refere ao seu melhor momento no combate, onde restando cerca de um minuto para o final do quinto round, conseguiu acertar um golpe na ponta do queixo do adversário, que se viu em maus lençóis.

Apesar de ter feito Edwards perder, por instantes, o equilíbrio e controle geral sobre suas ações, Diaz não foi capaz de tirar proveito da situação e viu o rival se recuperar, o bastante para sobreviver até a buzina final da peleja.

“No final do dia, eu sinto que ele ganhou ou qualquer coisa, mas eu sinto que sou o melhor lutador independentemente, e eu sinto que o auge da luta é o que importa no final, de qualquer maneira. Queria que tivesse ido para o meu lado, mas está tudo bem”, declarou Diaz, antes de ser questionado se viraria o jogo e venceria o duelo caso tivessem mais rounds.

“A luta tinha acabado. Em uma luta de verdade no mundo real, isso é o fim. Então, sim. Ele estava andando dormindo (semi nocauteado)”, afirmou.

Vencedor da quinta temporada do reality show ‘The Ultimate Fighter’, Nate Diaz é um dos lutadores mais populares do plantel atual do UFC, e um dos fatores responsáveis por isso é justamente sua personalidade ‘diferente’. Mesmo com a derrota no último sábado, o polêmico lutador saiu do octógono ovacionado pelo público presente na arena que serviu como palco da edição 263 do Ultimate.

Mais em UFC