Siga-nos
Leandro Bernardes/PxImages

UFC

Mike Perry perde a linha e desafia rivais de duas categorias do UFC

Não há dúvida que Mike Perry é um lutador fora dos padrões. Quando não se encontra no octógono, o americano costuma protagonizar episódios polêmicos e, frequentemente, utiliza as redes sociais para desafiar os demais atletas da divisão dos meio-médios (77 kg). Como se encontra sem adversário, ‘Platinum’ facilitou o trabalho dos ‘matchmakers’ do UFC e foi à caça de um oponente.

No último domingo (7), o ‘bad boy’ recorreu ao ‘Twitter’ para colocar toda categoria dos meio-médios e alguns representantes do peso-leve em alerta (veja abaixo ou clique aqui, aqui e aqui). Entre os alvos de Perry, estão Al Iaquinta, Allan Jouban, Conor McGregor, Li Jingliang, Niko Price, Paul Felder, Robbie Lawler e Vicente Luque. Vale lembrar que ‘Platinum’ já enfrentou três dos atletas mencionados, ou seja, venceu Felder por decisão dividida e perdeu para Jouban e Luque por decisão unânime e dividida, respectivamente.

“É hora da revanche, Jouban? Que tal uma luta com Jingliang? Ele venceu Ponzinibbio e acredito que ele recusou uma luta comigo no passado. Além disso, sou um grande fã das artes marciais chinesas, então seria uma honra nocauteá-lo. Lawler, McGregor, Iaquinta? Revanche contra Felder? Alguém baixo ou alto, revanche com Luque? Price também pode ser nocauteado, mais alguém? Eu estarei no peso e pronto! Vamos lá! Segunda-feira de treino! #Trabalhando”, desafiou Perry.

Atualmente, Mike Perry vive momento delicado na carreira. O bad boy perdeu três das últimas quatro lutas que disputou. Em sua última aparição, ‘Platinum’, foi derrotado por Tim Means, em novembro, e também não bateu o peso dos meio-médios. Como o americano vem deixando a desejar no octógono e protagonizando episódios controversos em sua vida pessoal, parte dos fãs pediu para o UFC cortar o lutador de seu plantel. No entanto, Dana White revelou publicamente que gosta do atleta e saiu em defesa do mesmo.

Mais em UFC