Siga-nos
Natassia del Frate/PxImages

UFC

Luta principal do UFC Londres corre risco de cair devido à guerra na Europa

O UFC Londres é um evento que sofre com fatores externos. Recentemente, a tempestade ‘Eunice’ danificou o teto da ‘O2 Arena’, palco definido pela companhia para abrigar o show do dia 19 de março, em Londres (ING). Agora, a guerra entre Rússia e Ucrânia pode impedir a realização da luta principal da atração, que coloca frente a frente Alexander Volkov e Tom Aspinall, atleta da casa.

De acordo com o site ‘MMA Fighting’, o fato de Volkov ser russo representa um problema para o mesmo entrar no Reino Unido por causa da guerra com a Ucrânia. Segundo o membro do Parlamento, o país, no atual momento, não vai receber equipes e atletas que representam a Rússia e as nações que a apoiam.

Dessa forma, o visto de Volkov para atuar no UFC Londres está em risco. Vale lembrar que, além de ‘Drago’, Sergei Pavlovich, Shamil Abdurakhimov e Timur Valiev são russos presentes no card e sofrem com o mesmo problema. Para piorar a situação, Nikita Krylov é ucraniano e também vai compor a atração. Ainda não se sabe qual vai ser a posição da companhia, mas a tendência é que mudanças sejam feitas por conta da guerra.

O UFC Londres marca o retorno da maior organização de MMA do mundo à cidade após três anos. A princípio, o evento segue tendo como luta principal o russo Alexander Volkov, sexto no ranking do peso-pesado, contra o britânico Tom Aspinall, dono do 11º lugar na classificação da categoria e uma das grandes promessas do esporte.

Mais em UFC