Siga-nos
Diego Ribas/PxImages

UFC

Lewis provoca e afirma que planeja mandar rival para a UTI após UFC Vegas 19

Inicialmente escalado para encarar Curtis Blaydes em novembro do ano passado, Derrick Lewis viu o confronto ser adiado após seu adversário testar positivo para COVID-19. Com o duelo remarcado para acontecer neste sábado (20), no main event do UFC Vegas 19, o peso-pesado admite que torceu pela recuperação do rival, ainda que a motivação não tenha sido tão nobre.

Em conversa com a imprensa durante o media day do UFC Vegas 19, Lewis revelou que se preocupou com o estado de saúde de Blaydes, em um primeiro momento. Mas, sem perder a oportunidade, provocou o rival e manteve a postura agressiva, afirmando que só gostaria de ver o oponente sendo hospitalizado devido aos danos causados por ele no combate.

“Eu queria saber por que (Blaydes foi retirado daquele card), o que tinha acontecido, e se tudo ficaria bem com ele. Eu estava preocupado. Não queria que nada realmente ruim acontecesse com o cara. Eu não gosto dele, mas eu não queria que ele fosse para a UTI ou nada do tipo por causa da COVID. Eu só iria querer que ele fosse para lá (UTI) por causa de mim. Então, eu me senti mal por causa dele”, provocou Lewis.

Com três vitórias consecutivas, Derrick Lewis chega para o confronto diante de Curtis Blaydes de olho em manter a boa fase e se aproximar ainda mais do topo da categoria. Atualmente, o americano ocupa a quarta posição no ranking dos pesos-pesados, duas abaixo do adversário deste sábado.

Mais em UFC