Siga-nos
Louis Grasse/PxImages

UFC

Khabib parabeniza e lista fatores para o sucesso de Dustin Poirier no UFC

Apesar da polêmica gerada pela lesão de Conor McGregor, a performance de Dustin Poirier no UFC 264 merece reconhecimento. No evento que aconteceu no último sábado (10), em Las Vegas (EUA), ‘The Diamond’ levou a melhor na trilogia com o astro irlandês ao vencer novamente por nocaute, no primeiro round. Dessa forma, o americano confirmou sua posição como provável desafiante ao título do peso-leve (70 kg) e ganhou elogios de parte da comunidade do MMA. Um deles, veio, diretamente, de Khabib Nurmagomedov.

Em entrevista à ‘ESPN’ americana, o russo, atualmente aposentado, parabenizou o excelente momento vivido por Poirier no esporte e cravou que o mesmo vive seu auge. De acordo com o ex-campeão do peso-leve, ‘The Diamond’ alcançou o patamar mais alto no MMA, porque foi capaz de assimilar as derrotas ao longo de sua carreira e não se abater com elas.

Khabib sinalizou que o ponto de virada para Poirier se consolidar como um dos principais nomes do peso-leve foi o jogo mental. Em 2014, ‘The Diamond’ enfrentou McGregor pelo peso-pena (66) e os atletas trocaram provocações pesadas. No octógono, ‘Notorious’ nocauteou o rival em menos de dois minutos. Já na revanche e na trilogia, ambas realizadas em 2021 e pela divisão de cima, o americano ignorou a pressão, o ‘trash talk’ do desafeto e deu o troco da mesma forma.

“Mais uma vez, Dustin nos mostrou que que está em outro nível do que Conor. Ele está com fome e focado. Este esporte não se importa com quem você é. Este esporte só se importa com quem trabalha duro. Mentalmente, acho que ele está melhor. Até quando ele perdeu para mim, a partir daquela derrota, ele aprendeu. Depois da luta contra Conor, ele aprendeu. Agora, Poirier está em seu auge”, destacou o russo.

Dustin Poirier, de 31 anos e ex-campeão interino do peso-leve do UFC, é um dos lutadores mais condecorados na história da categoria. No MMA desde 2009 e no Ultimate dois anos depois, ‘The Diamond’ superou nomes importantes como Anthony Pettis, Conor McGregor (duas vezes), Dan Hooker, Eddie Alvarez, Jim Miller, Justin Gaethje e Max Holloway (duas vezes). Atualmente, o atleta ocupa a primeira posição no ranking da divisão e possui um cartel composto por 28 vitórias, sendo 21 pela via rápida, seis derrotas e um ‘no contest’.

Mais em UFC