Siga-nos
Diego Ribas/PxImages

UFC

Kamaru Usman destaca sua mentalidade competitiva e se compara a Michael Jordan

Campeão indiscutível da divisão meio-médio (77 kg) do UFC, Kamaru Usman viu um antigo conhecido se candidatar para tentar encerrar seu reinado: o brasileiro Gilbert ‘Durinho’, seu ex-companheiro de equipe. Porém, apesar de admitir ter se incomodado com a situação, o nigeriano conseguiu transformar o sentimento em combustível e nocauteou o desafiante na luta principal da edição 258, no último sábado (13), mantendo o cinturão da categoria sob sua posse.

Ao comentar sobre o assunto na coletiva de imprensa do UFC 258, Usman exaltou sua mentalidade competitiva e se comparou a Michael Jordan, seis vezes campeão da NBA com o Chicago Bulls, e considerado universalmente como o melhor jogador de basquete de todos os tempos. De acordo com o nigeriano, as similaridades na personalidade de ambos foram notadas por ele após assistir a minissérie-documentário ‘The Last Dance’, que mostra em detalhes os bastidores do último título conquistado por ‘MJ’.

“Essa foi difícil inicialmente. Mas como eu disse anteriormente em entrevistas, minha mente é diferente da desses caras quando nós entramos lá. Eu não vejo rostos. Aquele é o meu octógono. Ele disse que eu tinha algo que ele queria e que viria pegar. O que é mais pessoal do que isso? Alguém com quem você cresceu no esporte, com quem você treinou diariamente, olhando para a sua comida, para o seu prato, e dizendo: ‘Quer saber? Eu quero o prato dele, não estou satisfeito com o meu, eu quero o dele'”, comentou Usman, antes de continuar.

“E eu digo para esses caras, qualquer coisa que você disser, pode e vai ser usada contra você quando você pisar naquele octógono comigo. Eu me lembro de assistir ao (documentário) ‘The Last Dance’, com Michael Jordan, e eu fiquei tipo: ‘Esse cara pensa como eu’. Porque quando eu vou competir contra esses caras, é exatamente assim que eu penso. Se você me der alguma coisa, se eu ouvir você falando o que você vai fazer comigo, é melhor você estar pronto para provar isso assim que a gente pisar naquele octógono”, finalizou.

Com o triunfo sobre Gilbert ‘Durinho’ no último sábado, Kamaru Usman agora detém a marca de maior número de vitórias consecutivas na divisão dos meio-médios na história do UFC, recorde anteriormente dividido entre ele e Georges St-Pierre, ex-lutador canadense, que durante anos dominou a categoria. Para ampliar sua sequência, o nigeriano já demonstrou interesse em um novo duelo contra Jorge Masvidal, a quem derrotou em julho do ano passado.

Mais em UFC