Siga-nos
UFC/ Divulgação

UFC

Junior ‘Cigano’ é nocauteado pela 4ª vez seguida e vê contrato com UFC em risco

Ex-campeão peso-pesado do UFC, Junior ‘Cigano’ abriu o card principal do UFC 256 neste sábado (12) para encarar o invicto Ciryl Gane. No entanto, o atleta que completa 37 anos em janeiro voltou a ser superado no octógono e anotou sua quarta derrota seguida no evento – todas por nocaute.

Abatido desde o começo, o atleta da ‘America Top Team’ sofreu com os ataques do experiente kickboxer durante todo o confronto e aparentou dificuldades para encurtar a distância. Desta forma, a continuidade do veterano na organização fica claramente ameaçada.

Por sua vez, a promessa francesa de 30 anotou seu sétimo triunfo no MMA, em cartel que permanece perfeito. Apenas um de seus confrontos chegou até o final e foi decidido pelos jurados.

A luta

Melhor no início, Gane dominou o centro do octógono e passou a combinar chutes tanto nas pernas como no corpo do brasileiro. Sem encontrar a distância correta para seus ataques, o brasileiro passou quase cinco minutos sendo alvo dos golpes do rival. Cigano 9 x 10 Gane.

Na etapa seguinte, mais do mesmo. Aproveitando a queda de velocidade de Cigano, o francês apertou o ritmo e investiu em golpes mais potentes, que logo surtiram efeito. Depois de um chute na perna que abalou o brasileiro, um jab seguido de um cruzado levou o ex-campeão à lona.

Após alguns golpes desferidos em um indefeso Cigano, que tentava se defender da posição de quatro apoios, a disputa foi interrompida.

Acompanhe os resultado do UFC 256:

Ciryl Gane nocauteou Junior ‘Cigano’ no 2º round;
Cub Swanson nocauteou Daniel Pineda no 2º round;
Rafael Fiziev nocauteou Renato ‘Moicano’ no 1º round;
Gavin Tucker venceu Billy Quarantillo por decisão unânime;
Tecia Torres venceu Sam Hughes por nocaute técnico no 2º round;
Chase Hooper finalizou Peter Barrett no 3º round.

Mais em UFC