Siga-nos
Alejandro Salazar/PxImages

UFC

Jon Jones parabeniza Amanda Nunes por feito histórico no UFC: “Bem-vinda ao clube”

Ao vencer Julianna Peña e recuperar o cinturão peso-galo (61 kg) do UFC, Amanda Nunes conquistou também mais um feito histórico em sua laureada carreira. Com o resultado do último sábado (30), a ‘Leoa’ chegou à sua décima vitória em lutas de título pelo Ultimate e entrou em um seleto grupo capitaneado por Jon Jones. O americano, inclusive, fez questão de dar as boas-vindas à brasileira.

Em sua conta oficial no ‘Twitter’ (veja abaixo ou clique aqui), Jones felicitou a ‘Leoa’ pela marca alcançada e aproveitou para se autopromover um pouco, já que, mesmo afastado dos octógonos há dois anos, segue como o maior vencedor de lutas de título na história do UFC, com 14 triunfos.

Além de ‘Bones’ e Amanda, fazem parte do seleto grupo de lutadores com dez ou mais vitórias em disputas de cinturão no Ultimate o brasileiro Anderson Silva (11), o americano Demetrious Johnson (12), e o canadense Georges St-Pierre (13).

“Homens mentem, mulheres mentem, os números não. Bem-vinda ao clube, Amanda”, escreveu Jones.

Considerada por muitos como a maior lutadora de todos os tempos, Amanda Nunes detém os cinturões do peso-galo e do peso-pena (66 kg) do UFC. Dos seus últimos 11 confrontos da brasileira no octógono mais famoso do mundo, todos tiveram um dos dois títulos em jogo, e a única derrota da ‘Leoa’ veio em dezembro do ano passado, diante de Julianna Peña, quando perdeu o cinturão dos galos. Revés este que foi vingado no último sábado, na luta principal do UFC 277, com a baiana recuperando a cinta até 61 kg do Ultimate.

Mais em UFC