Siga-nos
Reprodução/Twitter

Notícias

Japonês acerta ‘tiro de meta’ na cabeça de brasileiro após nocaute no Rizin; veja

A vitória de Daichi Abe sobre Marcos Yoshio de Souza foi um dos principais destaques do Rizin 37, evento realizado no último domingo (31), em Saitama (JAP). Mas a atuação do japonês gerou um misto de reações, entre aplausos e críticas, já que, após aplicar um belo nocaute no brasileiro, o asiático não se conteve e ainda desferiu um desnecessário chute na cabeça do rival que já se encontrava inconsciente no chão (veja abaixo ou clique aqui).

O árbitro central ainda tentou impedir o golpe derradeiro lançado pelo japonês, a fim de proteger a integridade física do lutador brasileiro, mas chegou atrasado e não conseguiu impedir que o chute fosse concretizado. Apesar da brutalidade da ação, vale destacar que Daichi Abe não cometeu nenhuma falta, já que pelo livro de regras do Rizin este tipo de ataque – que ficou conhecido como ‘tiro de meta’ na época do Pride – é válido.

Ainda que não se possa condenar o lutador japonês pelas regras do torneio, é possível questionar a falta de espírito esportivo, tendo em vista que sua vitória já estava basicamente assegurada após o soco de direita que levou Marcos Yoshio de Souza à lona, deixando-o inconsciente e sem qualquer tipo de defesa.

De qualquer forma, a vitória de Abe foi confirmada e agora o japonês soma cinco resultados positivos em seus últimos seis combates. Por sua vez, o brasileiro Marcos Yoshio Souza tem intercalado derrotas e triunfos nos cinco confrontos mais recentes disputados por ele. Pelo Rizin, onde estreou em 2019, são dois reveses e apenas uma vitória.

Mais em Notícias