Siga-nos
Natassia Del Fischer/PxImages

UFC

Jan Blachowicz descobre luta pelo cinturão do UFC após desembarcar em Las Vegas

Se a última quarta-feira (23) foi triste para Glover Teixeira e Jiri Prochazka, foi motivo de comemoração para Jan Blachowicz. Como ‘Denisa’ sofreu uma grave lesão no ombro, a revanche com o veterano, marcada para o dia 10 de dezembro, em Las Vegas (EUA), caiu e, com isso, o polonês viu seu duelo com Magomed Ankalaev ser elevado ao status de luta principal do UFC 282 e valer o cinturão vago dos meio-pesados (93 kg). E, de acordo com o site ‘MMA Fighting’, o europeu descobriu a mudança brusca no cenário da categoria apenas depois de desembarcar nos Estados Unidos (veja abaixo ou clique aqui).

Agora, Blachowicz tem a chance de reconquistar o cinturão dos meio-pesados do Ultimate. O polonês se tornou campeão da categoria em 2019, defendeu o título uma vez contra Israel Adesanya, mas foi destronado em 2021, no revés por finalização para Glover. O polonês conseguiu alcançar tal posição no UFC 282, após Prochazka, lesionado, decidir abdicar do objeto mais valioso da divisão para não travar o peso e em respeito aos demais competidores.

Além disso, o fato do mineiro pedir para enfrentar Ankalaev no Brasil, em janeiro, não ter o desejo atendido pela organização e ter recusado permanecer no evento de dezembro para encarar o russo, ajudou Blachowicz. Mesmo sendo pego de surpresa com os acontecimentos nos meio-pesados do UFC, o polonês comemora o novo desafio.

“Blachowicz desembarcou em Vegas minutos atrás. Ele não tinha wifi no avião. Ele acabou de descobrir que agora vai lutar pelo cinturão em 10 de dezembro. Ele não fazia ideia até que ligou o telefone. Tudo isso aconteceu enquanto ele estava no ar”, escreveu o jornalista em sua conta oficial no ‘Twitter’.

Jan Blachowicz, de 39 anos, é um veterano do MMA e ex-campeão de organizações como o UFC e KSW. No esporte desde 2007, o polonês disputou 38 lutas, venceu 29 e perdeu nove vezes. Atualmente, o europeu se encontra na segunda posição no ranking dos meio-pesados do Ultimate. Seus triunfos de maior destaque na modalidade foram diante de Aleksandar Rakic, Corey Anderson, Dominick Reyes, Israel Adesanya, Jared Cannonier, Luke Rockhold e Ronaldo ‘Jacaré’.

Mais em UFC