Siga-nos
Diego Ribas/PxImages

UFC

Anthony Smith surpreende ao minimizar status de Jon Jones no MMA: “Não é tão bom”

Ao que parece, Anthony Smith segue sem aceitar o revés sofrido para Jon Jones, em 2019, no duelo mais importante de sua carreira. Atualmente, o atleta, que também atua como comentarista de lutas, se encontra na quinta posição no ranking dos meio-pesados (93 kg) do UFC e ainda mantém vivo o sonho de disputar novamente o título da divisão. Como desperdiçou a chance de ser campeão da categoria uma vez, ‘Lionheart’ escancarou sua aversão pelo carrasco.

Na época, Smith alcançou o posto de desafiante ao título dos meio-pesados do UFC ao conseguir três vitórias seguidas, mas, diante de Jones, não teve chance. A luta entre os atletas não foi empolgante, porém ‘Bones’ confirmou o favoritismo e passou por ‘Lionheart’ de forma tranquila, vencendo por decisão unanime (triplo 48-44). Ao menos, Anthony não perdeu para um profissional qualquer, uma vez que Jon, desde jovem, foi alçado por parte da comunidade do MMA ao status de melhor lutador da história. Contudo, ao participar do programa ‘Morning Kombat’, Smith não se mostrou impressionado com o nível de habilidade de Jones e minimizou sua qualidade.

“Jones é muito vencível. Ele não é tão bom. Se você pegar seus conjuntos de habilidades e removê-los, não será um problema. Quando você junta e coloca no pacote completo que é o problema. Seu QI de luta não é muito alto. Ele é bem treinado e faz o que é mandado muito bem. Na verdade, ele não toma nenhuma decisão por conta própria. Não estou dizendo isso como algo negativo. Ele é durão, mas, se fôssemos lutar boxe, não acho que ele seja o GOAT. Acho que temos uma luta em pé muito competitiva. Se estamos lutando jiu-jitsu sem quimono, não acho que ele me vença. No wrestling, ele provavelmente ganha. Não é o conjunto de habilidades que ele possui, é a maneira como ele monta. É seu alcance, seu gerenciamento de distância. Ele tem muitos dons físicos que usa muito bem”, declarou o lutador.

Jon Jones, de 35 anos, é integrante do ‘Hall da Fama’ do UFC, ex-campeão dos meio-pesados e apontado por parte dos fãs como o melhor lutador da história do MMA. Após dominar a categoria, ‘Bones’ decidiu se aventurar no peso-pesado, já que revelou que sempre sonhou em alcançar o lugar mais alto da divisão. Em sua carreira, o americano venceu 26 lutas, perdeu uma e a outra terminou sem resultado. Seus principais triunfos foram sobre Alexander Gustafsson (duas vezes), Anthony Smith, Chael Sonnen, Daniel Cormier, Dominick Reyes, Glover Teixeira, Lyoto Machida, Maurício ‘Shogun’, ‘Rampage’ Jackson, Rashad Evans, Ryan Bader, Thiago ‘Marreta’ e Vitor Belfort.

Mais em UFC