Siga-nos
Natassia del Fischer/PxImages

UFC

Ex-campeão do Ultimate especula que McGregor pode se aposentar após UFC 264

O UFC 264 pode definir o futuro de Conor McGregor no MMA profissional. O irlandês encara Dustin Poirier, na luta principal do evento, que acontece neste sábado (10), e o resultado desta trilogia será fundamental para o atleta decidir os próximos passos no esporte. Pelo menos essa é a visão de Michael Bisping, ex-campeão do Ultimate.

Em declaração ao seu podcast ‘Believe You Me’, o ex-detentor do cinturão do peso-médio (84 kg) da franquia questionou a motivação de McGregor, caso seja derrotado novamente pelo americano. O principal motivo da opinião de Bisping seria pelo fato do irlandês ficar muito distante de uma nova disputa de cinturão do peso-leve (70 kg).

“Se ele (Conor McGregor) perder, acho que há chance para ele se aposentar. Se ele não vai ser o campeão e ainda está muito longe (de uma disputa), o que ele vai fazer? Ele sempre será o evento principal, mas ele estará apenas fazendo lutas aleatórias contra pessoas que não significam nada? Ele ganhou seu dinheiro. Ele sempre disse que ia ficar rico e sair. Ele certamente ficou rico. A última parte é sair. Se ele não derrotar Poirier e não puder lutar pelo cinturão tão cedo, o que acontecerá?”, explicou o ex-lutador.

Conor McGregor é o principal nome do UFC e possui uma legião de fãs. Dois anos após sua estreia no UFC, o irlandês se transformou em um fenômeno e conquistou o cinturão do peso-pena, em 2015, e do peso-leve, em 2016. Suas vitórias mais marcantes foram diante de Chad Mendes, Donald Cerrone, Dustin Poirier, Eddie Alvarez, José Aldo, Max Holloway e Nate Diaz. Atualmente, o atleta ocupa a quinta posição no ranking dos leves.

Mais em UFC