Siga-nos
Louis Grasse/PXImages

UFC

Dos Anjos domina Renato Moicano e vence batalha sangrenta no UFC 272

O co-main event do UFC 272, evento realizado neste sábado (5), em Las Vegas (EUA), contou com um duelo brasileiro. Substituto de última hora de Rafael Fiziev, Renato ‘Moicano’ aceitou o desafio de medir forças com o ex-campeão dos pesos-leves (70 kg) Rafael dos Anjos com apenas cinco dias de antecedência. E, apesar da derrota, entregou um belo show aos fãs que lotaram o ginásio T-Mobile Arena.

Mais alto, jovem e agressivo, Moicano partiu para o ataque, mas esbarrou desde sempre na experiência do rival. Alternando ataques e estratégias, RDA controlou as ações diante do adversário que não teve tempo hábil para se preparar para o confronto de cinco assaltos.

Vitória importante para o atleta que, aos 37 anos, anotou seu segundo triunfo seguido no octógono. Dono de cartel volumoso, com 31 triunfos e 13 reveses, dos Anjos, atual número seis do ranking oficial do UFC, volta a se colocar em rota de colisão com os principais nomes da categoria.

Por sua vez, Moicano, reconhecidamente aplaudido por sua bravura, viu sua sequência de dois triunfos no evento chegar ao fim. Vale destacar que, para isso, o atleta ainda teve que convencer o médico de que estava apto a prosseguir no combate. Em duas ocasiões, o responsável pela segurança dos atletas entrou no octógono para analisar o inchaço em seu olho esquerdo.

A luta

Moicano partiu para o ataque logo no começo e por pouco não pegou as costas do rival durante um clinche próximo à grade. Por sua vez, Dos Anjos respondeu com duas quedas ao longo do assalto inicial, o que abriu caminho para o domínio da etapa. Por cima, RDA se manteve golpeando e, apesar da boa defesa do rival, garantiu a vantagem parcial. Dos Anjos 10 x 9 Moicano.

Ao alternar tentativas de queda com ataques da curta distância, Dos Anjos confundiu Moicano e rapidamente tomou conta da segunda etapa. Mais agressivo, o ex-campeão abusou de sua experiência para manter ataque constante e minar a resistência do oponente, que sentiu a falta de treinos específicos para o confronto. Dos Anjos 20 x 18 Moicano.

Visivelmente mais cansado, Renato apostou na troca de golpes francos na terceira etapa e, de guarda baixa, abriu brecha para o oponente, que não demorou para conectar um duro golpe que o levou ao knockdown. Por cima, Dos Anjos castigou constantemente e só não nocauteou graças à grande resistência do brasiliense.Dos Anjos 30 x 26 Moicano.

O quarto assalto contou com menos ação e com a queda natural de rendimento dos lutadores. Mesmo assim, o roteiro se repetiu e o ex-campeão do UFC impôs seu domínio territorial e controlou as ações no chão. Dos Anjos 40 x 35 Moicano.

No quinto e último assalto, Moicano deu tudo de si e aproveitou a cautela do rival, que estava ciente da ampla vantagem nas papeletas dos jurados. Caminhando para frente, Moicano dominou o final da etapa e conectou duros diretos, deixando a torcida enlouquecida Dos Anjos 49 x 45 Moicano.

Acompanhe os resultados do UFC 272:

Rafael dos Anjos venceu Renato Moicano por decisão unânime;
Bryce Mitchell venceu Edson Barboza por decisão unânime;
Kevin Holland nocauteou Alex ‘Cowboy’ no 2º round;
Sergey Spivak nocauteou Greg Hardy no 1º round;
Jalin Turner nocauteou Jamie Mullarkey no 2º round;
Marina Rodriguez venceu Yan Xiaonan por decisão dividida;
Nicolae Negumereanu venceu Kennedy Nzechukwu por decisão dividida;
Maryna Moroz finalizou Mariya Agapova no 2º round;
Umar Nurmagomedov finalizou Brian Kelleher no 1º round;
Tagir Ulanbekov venceu Tim Elliott por decisão unânime;
Ľudovít Klein venceu Devonte Smith por decisão dividida;
Dustin Jacoby venceu Michał Oleksiejczuk por decisão unânime.

Mais em UFC