Siga-nos
Natassia del Fischer/PxImages

UFC

Deiveson impõe condição para encarar Garbrandt: “Precisa provar que pode bater o peso”

Originalmente escalado para fazer sua primeira defesa de título diante de Cody Garbrandt, Deiveson Figueiredo viu seu oponente se lesionar e ser substituído por Alex Perez na disputa marcada para este sábado (21), na luta principal do UFC 255, em Las Vegas (EUA). Porém, mesmo diante de um novo desafiante, o campeão peso-mosca (57 kg) ainda demonstra ter interesse em um futuro duelo contra o americano, mas com algumas ressalvas.

Em conversa com a imprensa no media day virtual do UFC 255, Deiveson ressaltou o desejo de remarcar o confronto contra Garbrandt, mas admitiu que, antes disso, gostaria que o americano provasse ser capaz de bater o peso limite da divisão dos moscas. Vale lembrar que ‘No Love’, ex-campeão peso-galo (61 kg) do Ultimate, nunca competiu na categoria até 57 kg em toda a sua carreira.

“Eu espero que essa luta aconteça. Estou muito empolgado por essa luta, mas ele primeiro precisa provar que pode bater o peso. Bater o peso nessa divisão é muito difícil, então ele precisa provar isso. Mas eu ficarei feliz em lutar com Cody (Garbrandt) no futuro”, declarou Figueiredo.

Além de ter dúvidas quanto ao sucesso no corte de peso de Garbrandt, o paraense também pontuou que considera que o atleta americano deveria fazer, pelo menos, um combate na divisão dos moscas antes de desafiá-lo pelo título. Apesar disso, Deiveson deixou a decisão sobre o futuro nas mãos do UFC e se colocou a disposição para encarar ‘No Love’ e, até mesmo, o ex-campeão da categoria Henry Cejudo, que anunciou sua aposentadoria do MMA neste ano.

“Garbrandt precisa lutar com alguém no peso-mosca, mas se Dana (White) realmente acha que eu devo lutar com ele ou com (Henry) Cejudo, eu vou estar pronto para lutar com qualquer um. Mas eu acho que é uma boa lutar com alguém da minha divisão de peso e estou feliz por essa luta contr (Alex) Perez no sábado. E contra qualquer um que fosse, eu estaria feliz de lutar no sábado”, concluiu.

No MMA profissional desde 2012, Deiveson Figueiredo acumula 19 vitórias e apenas uma derrota em seu cartel. O brasileiro, que conquistou o cinturão peso-mosca do UFC em julho deste ano, coloca seu título em jogo neste sábado, contra Alex Perez, no main event da edição 255 do Ultimate, sediada em Las Vegas.

Mais em UFC