Siga-nos
Leandro Bernardes/PxImages

UFC

Deiveson Figueiredo tranquiliza fãs e afirma: “Pronto para novos desafios”

A noite do último sábado (21) não foi das melhores para Deiveson Figueiredo. O ‘Deus da Guerra’ subiu no octógono do UFC 283, no Rio de Janeiro (RJ), para defender seu cinturão linear peso-mosca (57 kg), mas acabou derrotado pelo arquirrival Brandon Moreno, perdendo, assim, a coroa da divisão. Para piorar, o revés veio após o médico do evento avaliar uma lesão no olho direito do brasileiro e recomendar a interrupção da disputa, causando preocupação imediata sobre a gravidade do machucado. Mas, ao que parece, tudo não passou de um susto.

Através de sua conta oficial no ‘Instagram’ (veja abaixo ou clique aqui), Deiveson tratou de tranquilizar os fãs que se preocuparam com sua saúde e, mesmo sem entrar em detalhes sobre a extensão da lesão que o impediu de continuar no duelo contra o mexicano, afirmou que está bem. O paraense ainda prometeu dar a volta por cima em seu retorno ao cage e reforçou o discurso que já vinha ensaiando nos últimos tempos, como na própria entrevista pós-luta, ao indicar que está pronto para buscar novos desafios na carreira, neste caso com uma mudança para a categoria de cima, o peso-galo (61 kg).

“Quero agradecer a toda torcida que esteve presente na área. Foi uma guerra e infelizmente com um desfecho que eu não esperava. Sigo meu trabalho firme e em breve pronto para novos desafios. Eu estou bem, quero tranquilizar a todos que estão me mandando mensagem. Um guerreiro nunca desiste, pois ninguém vai bater mais forte do que a vida! Obrigado a cada pai, mãe, vovó e as famílias que estiveram na arena e gritavam o meu nome, foi de arrepiar. Já já eu estou de volta ainda mais forte”, escreveu Deiveson na legenda da publicação.

Ao que tudo indica, o quarto confronto entre Deiveson Figueiredo e Brandon Moreno, uma marca inédita na história do Ultimate, foi realmente o último embate entre os rivais, caso se confirme realmente a subida do ‘Deus da Guerra’ para a divisão dos galos a partir de sua próxima luta. Com o triunfo do mexicano no combate realizado no último sábado, no co-main event do UFC 283, no Rio de Janeiro, o placar da rivalidade entre eles terminou com um ‘no contest’ (sem resultado), uma vitória do brasileiro e dois resultados positivos para o ‘Assassin Baby’.

Mais em UFC