Siga-nos
Diego Ribas/PxImages

UFC

Dana White rebate ‘Borrachinha’: “Deveria ter virado youtuber com 13 anos”

As cifras milionárias que os irmãos Jake e Logan Paul – youtubers e aspirantes a pugilistas – tem movimentado no mundo do boxe fizeram algumas estrelas do UFC demonstrarem publicamente sua insatisfação com os salários recebidos na organização. Entre estes atletas, se destaca o brasileiro Paulo ‘Borrachinha’, que parece ter entrado em rota de colisão com a alta cúpula do Ultimate e despertado a ira de Dana White, presidente da liga.

Em entrevista à rede de TV canadense ‘TSN’, o dirigente não mediu palavras ao comentar sobre as recentes declarações do peso-médio (84 kg), que teria se negado a enfrentar Jared Cannonier no próximo dia 21 de agosto, alegando visar maior valorização salarial, utilizando os youtubers pugilistas como exemplo. Como já se tornou tradição em suas respostas à atletas insatisfeitos, Dana ‘desafiou’ o lutador brasileiro a cumprir com a ameaça de se afastar dos octógonos durante o impasse financeiro.

O dirigente também cutucou ‘Borrachinha’, lembrando a última apresentação do mineiro, ao questionar sua vantagem de negociação neste momento. Além disso, Dana descartou liberar o lutador de seu contrato para que o mesmo siga novos rumos na carreira, a não ser que o mesmo cumpra as últimas lutas previstas no acordo.

“Não lute! Essa é a minha situação com todos esses caras. Eu tenho que te oferecer três lutas por ano. Ele não tem que lutar. Sem problemas. Não lute. Você deveria ter começado um canal no Youtube quando tinha 13 anos e construído seu nome e tudo mais, e você poderia ter feito a luta no sábado (domingo). Mas você não o fez. Você não é um youtuber, você é um lutador. E isso é o que você faz para viver… ou não. Depende de você. E você não está em posição para falar sobre um dinheiro absurdo depois da sua última performance. Então, ou você quer lutar ou não quer. Sem problemas. Se você não quer lutar, você pode ficar por aí e fazer o que quiser. Quando estiver pronto, me avise”, disparou Dana White, antes de completar.

“Você assinou um contrato, você está sob contrato (com o UFC). Se é assim que você se sente… Nós temos eventos todo fim de semana, se você quiser ficar ocupado, você pode lutar todo fim de semana se quiser. Saia do seu contrato e faça o que quiser. Você pode lutar contra youtubers, você pode fazer o que quiser. (…) Ele pode lutar até terminar o contrato. Ele tem um contrato. Não vou deixar eles saírem dos contratos só porque eles estão querem, só porque eles estão bravos porque um garoto do Youtube está lutando e ganhando dinheiro. Você deveria estar feliz pelo garoto. Bom para ele. O garoto se colocou em uma posição onde ele foi capaz de lutar com Floyd Mayweather e ganhar muito dinheiro. Você está bravo? Você acabou de vir de uma performance ridícula, horrível. Volte e coloque-se em uma posição de fazer algo grande”, concluiu.

Número dois no ranking dos pesos-médios, Paulo ‘Borrachinha’ não compete desde setembro do ano passado, quando foi nocauteado por Israel Adesanya, em disputa válida pelo cinturão da categoria. O brasileiro deveria fazer seu retorno em abril deste ano, diante de Robert Whittaker, mas optou por se retirar do confronto por causa de uma forte gripe.

Recuperado, o peso-médio viu seu nome ser especulado para liderar o card de um evento do UFC em agosto, tendo como adversário Jared Cannonier. No entanto, ‘Borrachinha’ também optou por não competir, desta vez alegando justamente a insatisfação com a bolsa oferecida pelo Ultimate.

Mais em UFC