Siga-nos
Leandro Bernardes/PxImages

UFC

Dana White indica que reunião com Khabib sobre retorno ao UFC será rápida: “É sim ou não”

O mistério em relação ao futuro de Khabib Nurmagomedov no MMA está próximo de ser solucionado. Após finalizar Justin Gaethe em outubro, o campeão do peso-leve (70 kg) do UFC anunciou sua aposentadoria, porém boa parte dos fãs não levou decisão a sério. Dana White, presidente da organização, também minimizou o episódio, tanto que até agora não lhe tomou o cinturão e nem o retirou do ranking da categoria. Sendo assim, a aguardada reunião entre a dupla, que vai acontecer na ‘Ilha da Luta’, em Abu Dhabi (EAU), se aproxima e a consequência é a resolução da história.

Em entrevista ao site ‘MMA Junkie’, Dana partiu para o ataque e, praticamente, deu um ultimato em Khabib. O presidente do UFC revelou que a reunião com o campeão do peso-leve da organização vai ser rápida e definitiva. O líder da empresa contou que conversou com o russo, listou os motivos para o mesmo seguir em atividade e deu a entender que isso é possível. O cartola também lembrou que esperou a ‘Águia’, como o atleta é conhecido, se recompor emocionalmente para voltar a abordar o delicado tema.

“Será uma conversa de cinco minutos. É sim ou não. Quando saí de Abu Dhabi da última vez, estávamos trocando mensagens de texto, ficamos conversando sobre as razões de achar que ele deveria continuar lutando. Ele estava super emocionado depois daquela luta. Agora, Khabib teve tempo para descansar, pensar sobre isso e todas as outras coisas. Esta será uma conversa de cinco minutos. Acho que Khabib vai lutar, mas vamos ver. Não vai ser uma discussão ou uma conversa longa. Vai ser um sim ou não”, declarou Dana.

Khabib Nurmagomedov, de 32 anos, se aposentou do MMA de forma invicta, somando 29 vitórias. Os triunfos mais importantes do campeão do peso-leve do UFC foram diante de Conor McGregor, Justin Gaethje, Dustin Poirier, Rafael dos Anjos, Edson Barboza e Gleison ‘Tibau’. Atualmente, o russo se transformou em homem de negócios e virou presidente do EFC (Eagle Fighting Championship), sua própria organização de MMA.

Mais em UFC