Siga-nos
Diego Ribas/ PXImages

UFC

Dana White condena árbitro por erro em duelo no UFC: “Pior coisa que já vi”

Parte do card principal do UFC Las Vegas 10, evento realizado no último sábado (12), a disputa entre Ed Herman e Mike Rodríguez ganhou destaque por um erro do árbitro Chris Tognoni. E Dana White, presidente do show, tornou pública sua insatisfação com ele logo após o término dos combates.

No segundo assalto do duelo, Ed Herman recebeu uma joelhada no corpo e caiu em knockdown. No entanto, Tognoni interrompeu a disputa acreditando que se tratava de um golpe ilegal, o que garantiu tempo suficiente para o atleta se recuperar a ponto de finalizar Rodríguez no round seguinte.

“Essa foi a pior coisa que eu já vi. Ele é da droga do nível do Mazzagatti (árbitro de MMA). Foi uma das piores coisas que já vi. O cara venceu por nocaute, mas perdeu a luta. Foi horrível”, analisou Dana na coletiva de imprensa realizada nas dependências do UFC Apex, em Las Vegas (EUA).

Na sequência, o cartola tocou em um assunto importante e atual. Proibido pelas normas da Comissão Atlética de Nevada, o uso de replay pelo árbitro poderia ter garantido o triunfo ao atleta de direito, e evitado tamanho transtorno.

“Nós temos que usar replay. Temos que poder usar. A única coisa que você precisa fazer é olhar para o replay, que passou seis mil vezes enquanto o Herman estava no chão, e dizer: ‘Oh, cometi um erro’. Como você acha que aquilo foi um golpe ilegal? Mas acontece, o que você vai fazer? Aconteceu”, analisou.

Ainda na mesma coletiva, Dana prometeu pagar para Mike Rodríguez o dinheiro previsto em contrato apenas em caso de vitória. Esta foi a forma encontrada pelo dirigente para minimizar os danos causados pelo erro do árbitro central do confronto.

Confira os resultados do UFC Las Vegas 10:

Michelle Waterson venceu Angela Hill por decisão dividida;
Ottman Azaitar nocauteou Khama Worthy no 1º round;
Roxanne Modafferi venceu Andrea Lee por decisão unânime;
Ed Herman finalizou Mike Rodríguez no 3º round;
Bobby Green venceu Alan ‘Nuguette’ por decisão unânime;
Billy Quarantillo nocauteou Kyle Nelson no 3º round;
Sijara Eubanks venceu Julia Avila por decisão unânime;
Kevin Croom finalizou Roosevelt Roberts no 1º round;
Alexander Romanov finalizou Roque Martinez no 2º round;
Jalin Turner finalizou Brok Weaver no 2º round;
Bryan Barberena venceu Anthony Ivy por decisão unânime;
Sabina Mazo finalizou Justine Kish no 3º round.

Mais em UFC