Siga-nos
Diego Ribas

UFC

Dana admite que vencedor de ‘Do Bronx’ vs Ferguson pode ganhar chance pelo título

Há mais de uma década como membro do plantel do UFC, Charles ‘Do Bronx’ construiu uma trajetória repleta de grandes performances e algumas marcas expressivas dentro da organização, como o recorde de maior número de vitórias por finalização na história da franquia. Apesar do histórico positivo, o faixa-preta segue em busca de sua primeira oportunidade de lutar por um cinturão do Ultimate. E, de acordo com Dana White, a tão sonhada disputa de título pode estar mais perto do brasileiro do que se imagina.

Na última sexta-feira (11), em conversa com a imprensa após a pesagem e as encaradas oficiais do UFC 256, o presidente do Ultimate admitiu que o vencedor do combate entre Charles e Tony Ferguson, protagonistas da co-luta principal do evento deste sábado (12), pode garantir uma vaga em uma futura disputa de título da divisão dos leves (70 kg).

Vale lembrar que, assim como o brasileiro, Ferguson também mira sua primeira oportunidade de competir por um título linear da companhia. Apesar de somar 15 triunfos e apenas dois reveses dentro do octógono mais famoso do mundo, o americano de ascendência mexicana esteve presente, até o momento, apenas em disputas por cinturões interinos da categoria.

“Escute, qualquer um dos caras que ganhar essa luta pode estar em uma luta do título (no futuro)”, declarou Dana White.

Mas antes de discutir uma futura disputa de título, o dirigente máximo do UFC tentará uma última cartada para demover o atual campeão dos leves, Khabib Nurmagomedov, da aposentadoria. O cartola confirmou que deve se encontrar com o russo daqui a um mês para uma conversa, onde pretende convencê-lo a retornar aos octógonos.

Último evento numerado do ano, o UFC 256 acontece neste sábado, em Las Vegas (EUA). Além do confronto entre Tony Ferguson e Charles ‘Do Bronx’ – terceiro e sétimo colocados, respectivamente, no ranking peso-leve do Ultimate – a edição conta com a disputa de cinturão peso-mosca (57 kg) entre o campeão Deiveson Figueiredo e o desafiante Brandon Moreno, na luta principal da noite.

Mais em UFC