Siga-nos
Louis Grasse/PxImages

UFC

Cormier alerta possíveis adversários do campeão ‘Do Bronx’: “Não será fácil vencer”

Charles ‘Do Bronx’ chocou o mundo no UFC 262. No evento realizado no último sábado (15), em Houston (EUA), o brasileiro nocauteou Michael Chandler e, depois de 11 anos de serviços prestados à maior organização de MMA do mundo, se tornou campeão do peso-leve (70 kg). Como a categoria é uma das mais disputadas do esporte, adversários perigosos não faltam ao paulista, mas, ao mesmo tempo, Daniel Cormier aponta que os possíveis desafiantes devem respeitar o novo número um da divisão.

Em entrevista à ‘ESPN’ americana, Cormier, ex-lutador e atual comentarista, analisou a batalha protagonizada por Charles e Chandler e admitiu que ficou surpreso pelo fato do brasileiro ter resistido à blitz aplicada pelo americano no final do primeiro round. Vale lembrar que, antes da luta, ‘Iron’ e parte dos fãs questionaram a garra do paulista e cravaram que o mesmo não resistiria a tamanha pressão.

‘Do Bronx’ não só suportou o poder dos golpes de Chandler, como também ignorou o que aconteceu na parte final do primeiro round. No segundo assalto, o brasileiro partiu para o ataque, nocauteou o adversário e conquistou a maior vitória de sua carreira. Agora, o paulista terá pela frente astros do esporte como Conor McGregor, Dustin Poirier, entre outros, mas, de acordo com Cormier, é o campeão do peso-leve que deve ser temido pelos demais concorrentes.

“Foi uma luta doida, porque Chandler dominou o primeiro round. Parecia que Charles estava acabado. No segundo round, você não acreditava nele. Em outros tempos, ele não resistiria nessas situações, mas nós disputamos o melhor jogo do mundo. O MMA é o melhor esporte. A luta foi para um caminho completamente diferente. Foi fantástico assistir Charles, finalmente, chegar ao topo. Ele foi feliz no segundo round e aplicou um belo golpe”, analisou Cormier, antes de completar.

“Ele é jovem e fez tudo de forma perfeita. Charles é o cara agora, mas vai ficar cada vez mais difícil. Teremos Poirier contra McGregor e o vencedor pode lutar pelo cinturão. Gaethje também está perto. Há muitos desafiantes e Charles tem que descansar e comemorar, porque tem uma lista de assassinos acreditando que podem vencê-lo. Não será fácil para eles. Esse é o lutador com mais finalizações na historia do UFC e agora é o campeão dos leves”, concluiu.

A histórica vitória no UFC 262 reforça o momento mágico que Charles Oliveira vive no MMA. Conhecido no esporte pelo jiu-jitsu de alto nível, o brasileiro mostrou que sua trocação também está afiada e representa uma ameaça aos adversários. Agora, ‘Do Bronx’ possui nove triunfos seguidos, sendo cinco por finalização e três por nocaute. Além disso, o campeão do peso-leve é o recordista de finalizações na história da companhia (14 vezes) e também é o lutador que mais venceu pela via rápida (17).

Mais em UFC