Siga-nos
Dan Wainer/PxImages

UFC

Confiante, Cody Garbrandt projeta disputar título nos galos e nos moscas do UFC

Em sua última aparição, realizada em junho de 2020, Cody Garbrandt voltou ao caminho das vitórias ao nocautear Raphael Assunção e, ao que parece, recuperou a confiança. Agora, o ex-campeão do peso-galo (61 kg) vai enfrentar Rob Font na luta principal do UFC Vegas 27, evento que acontece neste sábado (22), em Las Vegas (EUA), e está animado para o duelo e também para o futuro de sua carreira na organização.

Na coletiva de imprensa pré-UFC Vegas 27, realizada na última quarta-feira (19), Garbrandt prometeu nocautear Font para voltar ao topo do peso-galo. Caso a previsão do ex-campeão se confirme, o mesmo cravou que vai se colocar próximo de disputar o título da categoria e também do peso-mosca (57 kg). Na divisão que conquistou uma vez, ‘No Love’ terá que aguardar a resolução do imbróglio entre Aljamain Sterling e Petr Yan.

Já no peso-mosca, a história é diferente. Vale lembrar que, anteriormente, o UFC escalou Garbrandt para disputar o cinturão, justamente, em sua estreia na categoria. No entanto, o duelo contra Deiveson Figueiredo caiu, porque o americano se lesionou e também sofreu problemas de saúde como pneumonia e COVID-19. Recuperado, ‘No Love’ garantiu estar com fome de luta e de títulos.

“Estou pensando em ser bicampeão nos galos. Esse é o meu objetivo. Sei que temos um pouco de circo com Sterling e Yan, eles têm que correr atrás. Sterling acabou de fazer uma cirurgia no pescoço, então isso vai se prolongar um pouco. Acho que essa luta é uma eliminadora pelo título. Depois que nocautear Font, terei opções. Posso ser o próximo na fila nos galos”, declarou Garbrandt, antes de completar.

“Deiveson e Moreno lutam algumas semanas depois e espero que ninguém se machuque para essa luta acontecer mais cedo ou mais tarde. Esse é o mundo perfeito. Estou saudável e recuperado. É muito importante estar em um evento principal, em uma luta de alto nível. Font não vai enfrentar Marlon, Simon ou Pettis. Ele vai lutar contra um faminto Garbrandt, que está pronto para voltar ao trono”, concluiu.

A última aparição de Cody Garbrandt aconteceu em junho de 2020, quando nocauteou Raphael Assunção, ao término do segundo round, e encerrou o pior momento de sua carreira. Anteriormente, o ex-campeão do peso-galo havia perdido três lutas seguidas, sendo nocauteado em todas elas. Além do triunfo sobre Assunção, as maiores vitórias de ‘No Love’ no MMA foram diante de Dominick Cruz e ‘Thominhas’ Almeida.

Mais em UFC