Siga-nos
Rigel Salazar/PxImages

UFC

Campeão do TUF 1, Diego Sanchez confirma aposentadoria após próxima luta

Vencedor da primeira temporada do reality show ‘The Ultimate Fighter’ e um dos lutadores mais populares da história recente do UFC, Diego Sanchez parece já ter definido um prazo para a sua aposentadoria do MMA. Aos 39 anos, o americano, que já vinha flertando com uma possível despedida do esporte, revelou – através de sua conta no ‘Twitter’ (veja abaixo ou clique aqui) – que pretende pendurar as luvas após seu próximo combate.

Com quase 20 anos dedicados ao MMA profissional, sendo 15 deles dentro do Ultimate, Sanchez esteve em inúmeras batalhas memoráveis durante sua trajetória na organização, sendo o segundo atleta com mais golpes recebidos na cabeça na história do UFC, atrás somente de BJ Penn. Nos últimos anos, ‘The Nightmare’ (O Pesadelo), como é conhecido, passou por uma mudança drástica de postura, dentro e fora do octógono, sob a orientação de seu controverso mentor, Joshua Fabia, o que, aparentemente, também contribuiu para sua decisão de deixar o esporte.

“É a minha última luta. O caminho do meu coração mudou, é hora de curar, não machucar! Mais um pesadelo para dar! Honestamente está nas mãos de Dana White contra quem eu luto, eu não tenho escolha nisso, tampouco os matchmakers”, escreveu Diego Sanchez.

No MMA profissional desde 2002, Diego Sanchez soma 30 vitórias e 13 derrotas em seu cartel. Pelo UFC, o americano atuou em quatro categorias de peso diferentes e disputou o cinturão do peso-leve em 2009, sendo derrotado por BJ Penn.

Mais em UFC