Siga-nos
Louis Grasse/PxImages

UFC

Blachowicz pede para disputar título dos meio-pesados do UFC após vitória sobre Rakic

Jan Blachowicz cumpriu o que prometeu ao atuar no UFC Vegas 54. Antes do show do último sábado (14) acontecer, o polonês, motivado a ter uma nova chance de disputar o título dos meio-pesados (93 kg), avisou que venceria Aleksandar Rakic no ‘main event’ e foi exatamente isso que aconteceu. Com o importante triunfo, o ex-campeão da categoria permaneceu como número um no ranking e próximo da tão sonhada luta pelo cinturão.

Na coletiva de imprensa pós-show, Blachowicz, de 39 anos, comemorou a vitória por nocaute técnico sobre Rakic. E o resultado possui bastante significado, já que o austríaco é uma promessa do MMA e se encontra em terceiro lugar no ranking dos meio-pesados do UFC. Além disso, o polonês se recuperou do revés sofrido diante de Glover Teixeira, em outubro. Como superou um grande lutador, o ex-campeão da categoria indicou ter feito o suficiente para receber da empresa uma nova chance de disputar o título e pediu por tal oportunidade.

Vale destacar que o brasileiro estava na torcida pelo atleta e se colocou à disposição para dar a revanche ao mesmo. Além do interesse de Glover em enfrentá-lo novamente, Blachowicz também pode ser ajudado por Jiri Prochazka. Caso ‘Denisa’ vença o campeão dos meio-pesados do UFC, já sinaliza que seu próximo adversário deve ser o polonês. Inclusive, o tcheco parabenizou o veterano por sua vitória sobre Rakic.

“Isso é o que eu estava procurando, essa resposta. Essa luta me dá a resposta que eu quero. Senti o mesmo antes de lutar contra Glover ou antes de lutar contra Adesanya e Reyes. Estou apenas feliz. Entrei no octógono para fazer uma grande luta, mas também para me divertir e ter alegria e consegui. Espero que o UFC me dê mais uma chance de disputar o cinturão. Eu sou o próximo. Eu era o número um e Rakic era o número três. Para mim, é óbvio que sou o candidato número um agora para a disputa pelo título”, declarou o ex-campeão do UFC.

No UFC Vegas 54, Blachowicz teve trabalho para vencer Rakic e a luta terminou de forma triste. Os atletas protagonizaram um combate de alto nível e equilibrado, mas, no terceiro round, o austríaco sofreu uma lesão no joelho e não pôde continuar na batalha. Sendo assim, o veterano desejou melhoras para a promessa do MMA, mas ressaltou que seu triunfo não aconteceu por conta do machucado de ‘Rocket’. Ciente de sua capacidade, o ex-campeão dos meio-pesados da companhia garantiu que estava preparado e fortalecido para lidar com um oponente maior e mais jovem.

“Eu sou um lutador, sou um guerreiro. É melhor quando você vence por nocaute ou finalização, limpo. Mas meu corpo estava mais forte esta noite, é isso. Fim da história. Eu estava pronto para o três, quatro, cinco rounds, mas ele não estava. Desejo a ele uma recuperação muito rápida, que ele volte à academia o quão rápido puder”, concluiu.

Mais em UFC