Siga-nos
Diego Ribas/PxImages

UFC

Belal Muhammad elogia Demian Maia, mas detalha estratégia para vencer brasileiro

Além das disputas pelo título, o UFC 263 também apresenta uma luta que deve mexer na parte de cima no ranking dos meio-médios (77 kg). No evento que acontece no próximo sábado (12), no Arizona (EUA), Belal Muhammad vai enfrentar Demian Maia e o duelo pode marcar a aposentadoria da lenda do MMA. Apesar de respeitar o brasileiro, o atleta visa aproveitar a oportunidade para conquistar a maior vitória de sua carreira.

Em entrevista ao UFC Arábia, ‘Remenber The Name’ mostrou confiança para enfrentar Demian e até revelou a estratégia que vai utilizar para tentar surpreender parte da comunidade do MMA e o adversário no octógono. De acordo com Muhammad, ela é simples e consiste em evitar que o brasileiro, conhecido por ser especialista no jiu-jitsu, consiga levar a luta para o solo, área que o mesmo domina.

No entanto, Muhammad admite que é difícil executar tal plano de jogo diante de Demian e lembrou que o brasileiro foi derrotado apenas pela elite do UFC, mesmo tendo uma idade avançada. Inclusive, nos meio-médios, o retrospecto recente do veterano é favorável. Como possui bom conhecimento no wrestling, o americano sinalizou que tem capacidade para repetir a estratégia de Colby Covington, Gilbert ‘Durinho’, Kamaru Usman e Tyron Woodley, que superaram Demian na base da defesa de quedas e trocação.

“Há um plano para derrotá-lo. Os tops seguiram o mesmo plano, que era defender as quedas e manter a luta em pé. As pessoas falam que ele está velho, mas Demian perdeu apenas uma luta nas últimas quatro. Ele lutou contra os melhores. Para seu estilo de jiu-jitsu, você não precisa ser explosivo ou ser o cara mais atlético”, declarou Muhammad, antes de completar.

“Ele tem aquele estilo cobra, que vai te dominando até você cometer um erro. Sei que sou melhor que ele na trocação, então vou manter a luta em pé. Uma vitória me solidifica como um candidato ao titulo. Serei um novo nome em ascensão. Demian não é um guardião. Ele é um candidato ao título, então vencer essa luta vai me colocar perto do título, porque apenas os melhores derrotaram Demian”, concluiu.

A última aparição de Belal Muhammad, de 31 anos, no UFC aconteceu em março, contra Leon Edwards, porém o atleta não guarda boas recordações. O duelo terminou em ‘no contest’ após o inglês aplicar uma dedada ilegal nos olhos do adversário. Antes disso, ‘Remember The Name’ venceu quatro combates seguidos e igualou seu melhor momento na organização. Atualmente, o americano é o 12º colocado no ranking dos meio-médios, está prestes a realizar o confronto mais importante de sua carreira e que pode mudar seu patamar no MMA.

Mais em UFC