Siga-nos
Divulgação/UFC

UFC

Após ser superada por chinesa, Cláudia Gadelha diz: “Não há sucesso sem revés”

Com dois triunfos consecutivos em suas mais recentes apresentações, Cláudia Gadelha subiu ao octógono do UFC Las Vegas 13 visando ampliar sua sequência positiva e se aproximar de uma oportunidade de lutar pelo cinturão peso-palha (52 kg) da liga. Porém, a chinesa Yan Xiaonan, sua adversária na noite do último sábado (7), não parecia disposta a facilitar a vida da brasileira e tratou de atrapalhar os planos da lutadora natural do Rio Grande do Norte.

O revés na decisão unânime dos juízes afasta ‘Claudinha’ da corrida imediata por uma disputa de título na divisão até 52 kg do Ultimate. Nada que pareça abalar o psicológico da experiente atleta brasileira. Em sua conta no ‘Instagram’ (veja abaixo ou clique aqui), Gadelha destacou que o resultado negativo faz parte do seu crescimento pessoal e que o sucesso de qualquer empreitada não acontece sem que haja um obstáculo no caminho.

“Isso faz parte do meu desenvolvimento como pessoa. Não há sucesso sem revés. Obrigada a todos por tudo”, escreveu Cláudia.

Com o resultado, Cláudia Gadelha soma agora 18 vitórias e cinco derrotas em sua carreira no MMA profissional, iniciada em 2008. Atual quarta colocada no ranking peso-palha do UFC, a brasileira pode perder algumas posições na próxima atualização semanal da lista.

Mais em UFC