Siga-nos
Divulgação/PFL

Notícias

PFL anuncia ‘empréstimo’ de bicampeã olímpica ao Invicta FC; entenda

Campeã peso-leve (70 kg) da temporada 2019 e uma das principais estrelas do PFL, Kayla Harrison foi uma das atletas que manifestaram publicamente sua insatisfação em relação ao cancelamento das atividades da liga neste ano em razão da pandemia do novo coronavírus, anunciado no último mês de abril. E a pressão da ex-judoca bicampeã olímpica, que admitiu inclusive a possibilidade de deixar a organização para voltar a competir ainda neste ano, parece ter surtido efeito.

Nesta segunda-feira (9), o PFL anunciou que a estrela da companhia vai enfrentar Courtney King no próximo dia 20 de novembro, pelo co-main event do Invicta FC, em evento que será promovido com portões fechados ao público em Kansas City (EUA). O confronto marcará a estreia de Kayla, que ostenta um cartel invicto no MMA profissional após sete combates disputados, no peso-pena (66 kg).

“Eu estou em uma missão para mostrar que eu sou a melhor lutadora. Tenho enfrentado desafios durante toda a minha carreira e essa luta até 66 kg é um novo e empolgante desafio para mim. Estou ansiosa para competir nessa nova divisão de peso e mal posso esperar para voltar ao cage do PFL em abril”, declarou Harrison, através de comunicado divulgado pelo PFL.

Vale lembrar que o evento trabalha com a promoção de torneios anuais entre os atletas do seu plantel em seis categorias de peso diferentes, tendo apenas uma divisão feminina, justamente o peso-leve, dominado por Kayla Harrison em 2019. A entidade já anunciou que a temporada 2021, que marcará o retorno das atividades após o cancelamento deste ano, terá início no próximo dia 23 de abril, com a presença da ex-judoca americana como uma de suas principais figuras.

Além do confronto entre Kayla Harrison e Courtney King pelo co-main event da noite, o Invicta FC 43 terá em sua luta principal a disputa pelo título peso-palha (52 kg) entre Emily Ducote e Montserrat Ruiz. A organização é conhecida por ser voltada exclusivamente ao MMA feminino.

Mais em Notícias