Siga-nos
Leandro Bernardes / PxImages

UFC

Após derrota no UFC 256, ‘Jacaré’ agradece apoio da torcida e admite: “Bastante chateado”

Vindo de duas derrotas consecutivas e ainda sem competir em 2020, Ronaldo ‘Jacaré’ subiu no octógono no último sábado, pelo UFC 256, em Las Vegas (EUA), para fazer sua estreia na temporada e tentar reencontrar o caminho das vitórias. Entretanto, os planos do veterano foram por água abaixo ao ser nocauteado ainda no primeiro round da luta pelo americano Kevin Holland, que, com o resultado, chegou ao seu quinto triunfo seguido no ano.

Decepcionado pelo revés, ‘Jacaré’ utilizou sua conta oficial no ‘Instagram’ para enviar um vídeo de agradecimento pela torcida e pelo apoio recebido por ele através de seus fãs (veja abaixo ou clique aqui). O faixa-preta de jiu-jitsu ainda fez questão de ressaltar a preparação feita para o combate e reconhecer o mérito do adversário na construção do resultado.

“Fala galera, Ronaldo ‘Jacaré’. Agradecer a torcida de todos vocês. Estou indo para o Brasil agora, estou com a minha família. Estou bem. Bastante chateado pelo que aconteceu. Eu fiz um camp de treinamento muito bom, os treinadores fizeram um excelente trabalho. Eu estava bem fisicamente. Infelizmente, meu adversário foi melhor e conseguiu conectar os golpes. Agora é relaxar, botar a cabeça para funcionar, passar um tempo com a família. Mas eu estou aqui para agradecer o apoio e a torcida de vocês. Muito obrigado”, declarou ‘Jacaré’.

Com quatro derrotas e apenas uma vitória em suas últimas cinco apresentações, Ronaldo ‘Jacaré’ vive sua pior fase na carreira, ao menos no que diz respeito aos resultados. O momento se torna ainda mais complicado para o brasileiro tendo em vista as recentes dispensas de veteranos em má fase por parte do UFC, como Anderson Silva e Yoel Romero.

Mais em UFC